16/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

“Vazamentos” montarão quebra-cabeça, diz colunista

2 min read

De Marcelo Santa`Ana, para seu blog pessoal:

“O Bahia disponibiliza aos sócios, hoje, a partir das 14h, na sede administrativa, a lista dos pagamentos “a terceiros” no período de 2006 a 2013 – mais de 90% são de 2011 a 2013. O relatório tem cerca de 500 páginas.

Popularmente, é a lista do jabá, espécie de suborno para se falar bem.

“Habemos Lista!”, dizem até os céticos. “Rá rá rá rá rá rá rá”, cantarolam os eufóricos.

Independentemente de críticas e expectativas não atendidas, a diretoria merece parabéns pela postura. Assim como quando cortou os ingressos às organizadas, o clube quebra paradigma em outro tema polêmico e delicado. Traz luz a assunto anteriormente tratado por “debaixo do campo”, nos bastidores. Propõe nova maneira de ver e fazer futebol.

Há nomes de radialistas, de empresas e marketing e assessoria cujos sócios de radialistas, de gente da TV, de ex-presidente de torcida organizada, mas também de parentes e ex-assessores do ex-presidente Marcelo Guimarães Filho, destituído pela Justiça em julho passado. Aos poucos, os “vazamentos” vão montar o quebra-cabeça dos envolvidos.

O relatório, basicamente, mostra pagamentos de passagens e hospedagens para jogos do Bahia fora de Salvador, fora outras regalias. Na maioria, eram pagamentos recorrentes, configurando mensalinho, como se diz na política brasileira.

Existe pessoa física beneficiada com mais de R$45 mil. E jurídica com valor superior a R$248 mil.

Há pagamentos que podem ser considerados legais, alguns imorais e outros injustificáveis. Vai da consciência de cada um.

E é este julgamento, a partir da consciência individual, que o Bahia propõe ao disponibilizar aos sócios-torcedores a lista de quem se beneficiou com investimentos do clube.

Agora é o sócio-torcedor que, munido de nomes e números, deve apurar as informações para opinar, julgar e avaliar.

O Bahia dá ao sócio-torcedor a chance – e a responsabilidade – de ser mídia.

Que tipo de formador de opinião é você?

Qual será o futuro da imprensa esportiva na Bahia?

O poder é seu, sócio-torcedor-tricolor. Sua postura serve de exemplo para mostrar qual caminho a imprensa deve seguir.”

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.