25/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Newell’s Old Boys visita Nacional do Uruguai tentando alcançar líder Grêmio

3 min read

or ESPN.com.br com agência Gazeta Press,

Getty

Newell's,  de David Trezeguet, busca alcançar o Grêmio na Libertadores
Newell’s, de David Trezeguet, busca alcançar o Grêmio na Libertadores

Pelo Grupo 6 da Libertadores, o Newell’s Old Boys entra em campo às 19h45 (de Brasília) desta quarta-feira precisando de um triunfo simples para dar um salto na classificação, tomar a liderança do Grêmio e jogar pressão no rival. Para isso, os argentinos precisam vencer o lanterna Nacional do Uruguai fora de casa, no tradicional Estádio Centenário.

A fase dos argentinos, porém, está longe de ser das melhores. Os quatro jogos de invencibilidade enganam nas estatísticas, pois foram três empates neste período. E longe de seus domínios, o time argentino vai ainda pior: são apenas seis pontos conquistados nos últimos 36 disputados fora de Rosário. Ainda assim, a equipe rubro-negra tem o favoritismo ao seu lado neste duelo, já que a campanha do adversário é a segunda pior de toda a Libertadores.

A principal arma do Newell’s é a juventude de Ezequiel Ponce. O jogador de 16 anos desbanca os experientes Figueroa e David Trezeguet para formar dupla de ataque com Nicolás Castro. Contra o Nacional, o jovem atacante fará apenas sua 14ª partida como profissional, mas tem ganhado a confiança do técnico Alfredo Berti e entrado em campo frequentemente neste ano.

Do outro lado do confronto, o tricampeão da principal competição sul-americana vai novamente para o jogo com toda a tradição de 114 anos de história, mas não vem fazendo jus ao peso de sua camisa. Em quatro jogos até aqui, o time uruguaio só pontuou no empate em 2 a 2 com o xará Nacional de Medellín.

Na última partida contra o Newell’s, na segunda rodada, o Nacional foi goleado por 4 a 0 na Argentina e voltou do país vizinho envergonhado. Desta vez, porém, os bolsilludos apostam na força de sua torcida para ao menos vencer um jogo na fase de grupos e não se despedir do torneio melancolicamente. Mas, se as coisas já não vão bem dentro de campo, os bastidores ainda contribuem para complicar.

Nas últimas partidas das quais o Nacional foi mandante, o técnico Gerardo Pelusso pediu para o time jogar no Parque Central e foi atendido pela diretoria. Para esta partida, porém, o caldeirão precisou sair de cena por razões de segurança e o palco escolhido foi o Estádio Centenário.

As equipes sobem ao gramado do principal cartão postal de Montevidéu às 19h45 (de Brasília), em jogo válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores.

Além deste duelo, outros três jogos serão realizados nesta quarta-feira:
19h45 – Grupo 8 – Deportivo Anzoátegui x Arsenal de Sarandí
22h00 – Grupo 1 – Atlético-PR x Vélez Sarsfield
22h00 – Grupo 3 – Deportivo Cali x O’Higgins

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.