23/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Rubens Lopes dispara contra presidentes de Fla, Flu e Bom Senso: ‘Neonato, moço com problemas, esdrúxula’

3 min read

Por Tiago Leme, de Teresópolis (RJ), para o ESPN.com.br.

Divulgação/Ferj

Rubens Lopes é o presidente da Ferj
Rubens Lopes é o presidente da Ferj

O presidente da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Rubens Lopes, estava com a língua afiada e soltou o verbo atacando desafetos durante o evento de reinauguração da Granja Comary, nesta quarta-feira, em Teresópolis.

O dirigente disparou e deu declarações forte contra os presidentes de Flamengo e Fluminense, que criticaram a entidade recentemente. Sobrou também para o movimento Bom Senso F.C, que teve a proposta de um Estadual com oito data chamada de “esdrúxula”.

O ataque de Rubens Lopes começou quando ele falava sobre os problemas do Campeonato Carioca e possíveis mudanças. Primeiro, as críticas foram contra o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello (que estava presente na Granja Comary), a quem ele chamou de “neonato”, ou recém-nascido.

“O presidente do Flamengo é neonato, é aquele cara que chegou agora. Ele não conhece nada, não tem noção do que é o futebol do Rio e embarca nessa. Eles não podem questionar nossa administração. Se acha que está errado, vamos debater e tentar melhorar”, afirmou Rubinho.

Na sequência, o presidente da Ferj também não poupou Peter Siemsen, mandatário do Flu, usando uma frase irônica dita anteriormente pela ex-presidente rubro-negra Patrícia Amorim.

“O presidente do Fluminense é pior. Vou repetir uma frase que a Patrícia Amorim utilizou uma vez para defini-lo: ‘esse moço tem problemas’. Acho que é uma frase interessante”, ironizou.

Há duas semanas, um dia antes de Rubens Lopes ser reeleito presidente da Ferj, Flamengo, Fluminense e Vasco divulgaram uma nota oficial criticando a atual administração da federação. O Botafogo foi o único clube grande do Rio a apoiá-lo. Nesta quarta, Rubinho também revelou que teve um encontro com o presidente cruzmaltino Roberto Dinamite, mas não quis dar detalhes da conversa.

Proposta do Bom Senso é criticada – Rubens Lopes já admitiu que pretende alterar a fórmula e diminuiu o número de clubes participantes do Cameponato Carioca, mas detonou o formato proposto pelo Bom Senso F.C. na semana passada.

O movimento de jogadores de futebol sugeriu que os Estaduais fossem disputados entre junho e julho, e os times (incluindo os grandes) seriam divididos em grupos em uma primeira fase, os dois melhores de cada chave avançariam às oitavas e o mata-mata seguiria até a final, sempre em jogos únicos. Com isso, os torneio teriam no máximo oito datas.

“Isso é uma proposta esdrúxula, não sei quem teve a ideia. Só no Rio são 10 mil atletas que dependem disso para dar sustento à família, alguns clubes não podem atuar em um campeonato com apenas oito datas. Você aceitaria um emprego se te oferecesse apenas por um mês e meio?”, rebateu o presidente da Ferj.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.