04/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Antes de reencontro na final após 10 anos, Fla e Vasco se viram para compromissos bem longe do Rio

4 min read

Por Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br.

Montagem/ESPN

Flamengo x Vasco: Os técnicos Jayme de Almeida e Adilson Batista vão duelar na final do Carioca
Flamengo x Vasco: Os técnicos Jayme de Almeida e Adilson Batista vão duelar na final do Carioca

Dez anos depois da última decisão de Campeonato Carioca entre Flamengo e Vasco, os dois rivais vão se reencontrar na final de 2014. Antes do primeiro clássico decisivo, no entanto, os times terão viagens longas durante a semana e os treinadores terão que se virar para armar as duas equipes em compromissos importantes bem longe do Rio de Janeiro.

O Rubro-Negro precisa pelo menos de um empate contra o Emelec, na quarta-feira em Guayaquil, para se manter vivo na Libertadores. Enquanto o time cruzmaltino vai estrear na Copa do Brasil diante do Resende, quinta-feira em Manaus. Depois, a primeira partida da final do Estadual será disputada no próximo domingo dia 6 de abril e o jogo de volta acontecerá no dia 13, ambos no Maracanã.

Após o Vasco eliminar o Fluminense neste domingo, ao vencer por 1 a 0 com gol de Edmilson, o técnico Adilson Batista evitou falar do confronto com os flamenguistas antes de encarar o Resende, mas em uma de sua repostas aproveitou para brincar com o treinador Jayme de Almeida.

“O Jayme já tem a Taça Guanabara, é mais velho, mais experiente, deixa os mais jovens ganharem. O que vocês acham? (risos). O Jayme é um excelente profissional e temos que tomar cuidados. Vai ser um grande jogo, disputado, acirrado, que vença o mais competente”, disse Adilson, lembrando que o Vasco não conquista o título carioca desde 2003.

“Existe uma ansiedade porque o clube não ganha desde 2003, sabemos da importância e da vontade do torcedor em comemorar o título. Uma decisão mexe com todo mundo e marca o profissional, existe o reconhecimento. Tem de ter equilíbrio e dedicação”.

Na última vez que o Vasco chegou a uma decisão do Carioca, em 2004, justamente contra o Flamengo, os rubro-negros foram campeões após duas vitórias, por 2 a 1 e 3 a 1. Na segunda partida, a equipe cruzmaltina abriu o placar com Valdir, mas o atacante Jean fez três gols e deu o título ao Fla. Um ano antes, em 2003, o Vasco levou a taça após bater o Fluminense duas vezes por 2 a 1. No duelo decisivo, Léo Lima fez o primeiro, Ademílson empatou e Souza fez o gol da vitória após cruzamento de letra de Léo Lima.

De lá para cá, porém, o Vasco não foi campeão estadual mais nenhuma vez, enquanto o Flamengo faturou cinco títulos.

Mesmo com a cabeça antes no jogo contra o Emelec, no Equador, o técnico rubro-negro Jayme de Almeida destacou a importância de buscar mais uma conquista do Carioca para o clube.

“O Flamengo é um time que, desde que fui torcedor, depois jogando e até não estando aqui, sempre luta para vencer o Carioca. É importante para torcida, tem a rivalidade, o futebol é isso. Não é prioridade, mas sempre lutamos por ele. É um clube que não abre mão dessa disputa, a torcida também não. Nossa obrigação é tentar levar aos títulos”, disse Jayme.

Gazeta Press

Flamengo venceu a Cabofriense no sábado
Flamengo venceu a Cabofriense no sábado

Flamengo tem desfalques no Equador

O Flamengo terá cinco desfalques importantes para o duelo contra o Emelec, quarta-feira às 22, em Guayaquil. Léo Moura, Léo, Elano, André Santos e Cáceres, todos machucados, nem viajaram com a delegação nesta segunda pela manhã.

Desta forma, Jayme de Almeida vai manter a base do time que venceu a Cabofriense no sábado pela semifinal do Carioca. Muralha e Lucas Mugni devem permanecer no meio-campo titular. Na lateral direita, as opções são o jovem Recife ou as improvisações de Paulinho ou Gabriel. O atacante Hernane, que saiu machucado com dores lombares no sábado, embarcou com o elenco para o Equador e deve atuar.

Se o Rubro-Negro empatar na quarta, precisará de uma vitória sobre o León na última rodada, no Maracanã, para avançar às oitavas. Apesar disso, Jayme garante que a equipe vai buscar a vitória fora de casa.

“Se jogarmos para empatar, podemos acabar perdendo. Temos que ter cautela, mas atacar o Emelec, aproveitar o espaço. Temos que ser inteligentes. Vamos tentar um time que seja contundente quando atacar. Defender faz parte, mas temos que atacar para, se possível, sair até com uma vitória. Jogar 90 minutos por um empate é muito pouco”, afirmou o comandante flameguista.

Gazeta Press

Vasco bateu o Fluminense no domingo
Vasco bateu o Fluminense no domingo

Vasco está indefinido para jogo em Manaus

O técnico Adilson Batista preferiu não adiantar se vai escalar força máxima para a estreia do Vasco na Copa do Brasil, quinta-feira às 20h30 (horário de Brasília), em Manaus. A expectativa é de um grande público para o jogo, que será um evento-teste da Fifa na Arena Amazônia, estádio contruído para a Copa do Mundo-2014.

“O Vasco tem a sua grandeza, a sua importância, a sua torcida espalhada pelo Brasil. Esperamos um grande público. A gente fez um jogo difícil contra o Resende do Aílton em São Januário (pelo Carioca). Então vamos encarar com seriedade”, disse Adilson, que vai definir a escalação cruzmaltina dependendo da recuperação física dos atletas durante esta semana.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.