19/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

acompanhe ótimo giro pelos campeonatos pela Europa, espanhol, alemão, francês e português; confira.

9 min read

DoZigzagdoesporte por Carlos Muniz.

ESPANHOL.

Atlético enfrenta ‘clone’, Barcelona pega lanterna e Real se testa sem Ronaldo.

Getty

Diego Simeone não terá Diego Costa nem Arda contra um Villarreal que, para ele, joga muito parecido com o Atlético
Diego Simeone não terá Diego Costa nem Arda contra um Villarreal que, para ele, joga muito parecido com o Atlético

O Campeonato Espanhol mais disputado da última década terá um sábado movimentado, na 31a rodada. Os três líderes entram em campo no mesmo dia, e com jogos em horários consecutivos. Cada um deles com desafios muito diferentes.

O Atlético de Madri, líder do campeonato com 76 pontos, vai a campo contra o Villarreal sem dois de seus principais jogadores. Diego Costa e Ardan Turán, o artilheiro e o motor do meio-campo da equipe, estão machucados e correm contra o tempo para disputar a volta das quartas de final da Champions League, contra o Barcelona, na quarta-feira.

“Nem estou pensando em Costa e Arda; penso nos que podem jogar amanhã”, afirmou o técnico Diego Simeone, sempre com sua filosofia de pensar em um jogo de cada vez. O argentino prevê um jogo complicado, porque o rival tem um estilo parecido ao de sua equipe.

“Teremos como adversária uma equipe valente, que tem uma identidade de jogo parecida com a nossa. Eles têm bons jogadores e imaginamos que farão o que têm feito durante toda a Liga”, afirmou o treinador, que conclamou a torcida colchonera a lotar o Vicente Calderón.

“Gostaria não apenas que fossem até o estádio, mas também que apoiassem. O time precisa desse apoio e o horário do jogo é bom”, afirmou. Atlético de Madri e Villarreal se enfrentam às 11 horas (horário de Brasília; 16h em Madri), com transmissão ao vivo da ESPN Brasil.

Getty

Barcelona enfrentará o lanterna, mas crise institucional e lesões podem complicar
Barcelona pega o lanterna, mas crise e lesões podem complicar

Crise e lanterna

O Barcelona entra em campo duas horas depois do rival, às 13h de Brasília, em um dia histórico para o clube. Antes do jogo, os sócios decidirão sobre o projeto de reforma do Camp Nou, em um referendo que acontecerá no meio de uma crise institucional.

A diretoria do Barcelona está pressionada devido à punição da Fifa, que impede qualquer contratação pelas próximas duas janelas de transferências. A sanção da Fifa aconteceu por irregularidades no registro de jogadores menores de idade – um ataque direto ao sistema de formação de atletas que consagrou o clube catalão.
Dentro de campo, o desafio é um pouco menos complicado: os comandados de Tata Martino enfrentam o Bétis, lanterna da competição, que luta desesperadamente contra o rebaixamento.

Para o duelo, o treinador voltará a montar a equipe no esquema 4-3-3, com Alexis Sanchez e Pedro titulares, ao lado de Messi. Fábregas e Neymar, que jogaram contra o Atlético de Madri na terça-feira, serão poupados. Na defesa, Bartra segue como substituto do lesionado Piqué. Adriano substitui o suspenso Jordi Alba na lateral-esquerda.

Apesar das mudanças – que se somam à grave lesão do goleiro Victor Valdés, que não jogará mais pelo clube -, Martino não admite resultado diferente de uma vitória. “As baixas não podem nos afetar, não vão nos afetar. Devemos jogar da mesma maneira, como se estivéssemos com o time completo”, afirmou.

O Barcelona está com 75 pontos, a apenas um do Atlético de Madri. Uma vitória, dependendo de um tropeço do rival, poderia colocar a equipe catalã na ponta da tabela mais uma vez. Se o clube colchonero vencer, ainda assim a diferença de pontos continuaria mínima.

Divulgação

Willian José bate bola com estrelas do Real Madrid
Willian José bate bola com estrelas do Real Madrid

Sem Ronaldo – O desafio mais complicado dentre os três aspirantes ao título recai sobre o Real Madrid. Às 15 horas de Brasília, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil, logo depois do fim da partida contra o Barcelona, o clube merengue enfrenta a Real Sociedad, em San Sebastián.

Não bastasse a dificuldade de jogar contra um rival forte em casa – venceu o Barcelona por 3 a 1, em fevereiro -, o time comandado por Carlo Ancelotti não contará com Cristiano Ronaldo, artilheiro da Liga com 28 gols. O treinador decidiu poupar ao português.

“Cristiano está sobrecarregado, vamos dar um descanso a ele. Faremos isso para evitar riscos, temos partidas importantes pela frente e preferimos deixá-lo em casa. Ele treinará no fim de semana para estar pronto para o jogo de terça-feira”, disse o treinador, referindo-se ao encontro com o Borussia Dortmund, na Alemanha, pelas quartas de final da Champions League.

Sem Cristiano Ronaldo, poupado, e Jesé, machucado, o Real Madrid teve de recorrer ao time B para compor o elenco que jogará em Anoeta. Bom para o brasileiro William José, ex-São Paulo e Santos, que pela primeira vez foi relacionado para um duelo do time principal.

Com 73 pontos ganhos, o Real Madrid não pode nem pensar em um tropeço para conquistar o título. Além disso, o clube é único dentre os postulantes que já não depende apenas de si para levantar a taça.

ALEMÃO.

Com golaço de zagueiro, Hamburgo supera frango, Leverkusen e tabu e deixa zona de rebaixamento.

oi com muito sofrimento, mas o Hamburgo conseguiu vencer o Bayer Leverkusen por 2 a 1, em casa, nesta sexta-feira, pela abertura da 29ª rodada do Campeonato Alemão. Após sair em vantagem com Calhanoglu, o time mandante viu seu goleiro levar um frango em chute de Brandt, mas alcançou o triunfo graças a uma pintura do zagueiro Westermann.

Com o resultado, o Hamburgo chega a 27 pontos e, ao menos provisoriamente, deixa a zona do rebaixamento e fica na 15ª posição, empurrando o Stuttgart para a vice-lanterna. Já o Bayer Leverkusen estaciona nos 48 pontos e pode perder o quarto lugar – o último que dá vaga à Uefa Champions League – para o Wolfsburg, que tem 47 pontos e encara o Borussia Dortmund no sábado.

De quebra, a equipe do norte da Alemanha encerra um jejum de vitórias diante do adversário que já durava nove partidas – cinco derrotas e quatro empates. A última vez que o Hamburgo batera o Leverkusen fora em fevereiro de 2009, quando ganhara por 2 a 1, longe de seus domínios.

Pela próxima rodada do Campeonato Alemão, o Hamburgo visitará o Hannover 96 na AWD Arena, no sábado que vem, às 10h30 (de Brasília). Um dia depois, o Bayer Leverkusen receberá o Hertha Berlin na BayArena, às 10h30.

O jogo

Disposto a superar a má fase, o Hamburgo se mandou ao ataque e abriu o placar na Imtech Arena logo aos quatro minutos de bola rolando. Calhanoglu recebeu passe de Van der Vaart e, de fora da área, comprovou ser um bom finalizador ao acertar chute no canto direito de Leno.

Em um jogo aberto, os mandantes mostravam uma atuação boa e criavam muito perigo, principalmente com Calhanoglu, que obrigou Leno a trabalhar bastante.

Porém, uma falha individual causaria o empate, justamente quando parecia que o time da casa havia se estabilizado no jogo. Aos 13 minutos, Brandt arriscou de fora da área, Adler tentou encaixar, mas aceitou e levou um frango. Dessa forma, o atacante de 17 anos e 11 meses se tornou o mais jovem da história do Leverkusen a marcar na Bundesliga.

O Hamburgo mostrou sentir o golpe e viu o adversário crescer no jogo. Porém, mesmo assim, o triunfo viria de forma sofrida e graças a um lance de inspiração. Aos 37 minutos, Diekmeier levantou da direita, e o zagueiro Westermann, de primeira, acertou um belo chute no ângulo direito da meta adversária.

Estreante na Bundesliga, atacante do Hamburgo é praticamente cego de um olho.

Getty

Mattia Maggio, de 20 anos, fez sua estreia pelo Hamburgo
Mattia Maggio, de 20 anos, fez sua estreia pelo Hamburgo

O triunfo por 2 a 1 sobre o Bayer Leverkusen na Imtech Arena nesta sexta-feira não marcou apenas a saída, ao menos provisória, da tradicional equipe da zona de rebaixamento do Campeonato Alemão. Afinal, o jogo ainda teve a estreia de um jogador com uma história curiosa.

Com seu time empatando o jogo, Mattia Maggio foi a campo aos 31 minutos do segundo tempo e fez sua estreia pelos profissionais do clube. O atacante de 20 anos tem se destacado no segundo time pelos gols que tem feito apesar de ser cego de um olho.

Quando tinha 16 anos de idade, o atleta sofreu um acidente doméstico em que uma lasca de vidro entrou em um de seus olhos. O ocorrido fez com que ele perdesse 90% da visão do olho esquerdo.

Nos 15 minutos que ficou em campo, Maggio não teve tempo para mostrar serviço, mas pôde comemorar a vitória por 2 a 1 que fez com que o Hamburgo chegasse a 27 pontos e subisse para a 15ª colocação.

Jovem recordista

Se de um lado o Hamburgo teve um debutante, do outro, o Bayer Leverkusen contou com um jovem recordista. Isso porque Julian Brandt, que foi titular, marcou o gol da sua equipe em frango do goleiro Adler. Dessa forma, o atacante de 17 anos, 11 meses e 2 dias se tornou o mais jovem da história do seu time a marcar na Bundesliga.

FRANCÊS.

Com hat-trick de Ayew, Olympique vence, sonha com Liga Europa e deixa Ajaccio a um passo da queda.

Reuters

Olympique de Marselha comemora gol na vitória sobre o Ajaccio
Olympique de Marselha comemora gol na vitória sobre o Ajaccio

Nesta sexta-feira, o Olympique de Marselha venceu o Ajaccio no Estádio Vélodrome por 3 a 1, pela 32° rodada do Campeonato Francês. O resultado deixou o time da casa com esperança de conquistar uma vaga para a Liga Europa e praticamente selou o rebaixamento do visitante.

O grande nome do jogo foi André Ayew, filho de Abedi Pelé, ex-jogador de Gana. O, que deverá estar na Copa do Mundo defendendo Gana, foi o autor dos três gols, aos três minutos do primeiro tempo, 15 do segundo e 31 da etapa final. O marfinense Tallo descontou para o Ajaccio.

Com a vitória, o Olympique de Marselha foi a 48 pontos, junto com o Lyon, na quinta colocação, e ainda sonha em alcançar o Saint Étienne, que tem 54, por uma vaga na Liga Europa.

O Ajaccio, lanterna do Francês, praticamente selou seu rebaixamento. A equipe estacionou nos 19 pontos, a 15 do Evian, primeiro time fora da zona do rebaixamento, e, com seis rodadas restando, pode cair matematicamente para a segunda divisão já na próxima rodada.

PORTUGUÊS.

Brasileiro faz dois, Estoril vence e encosta no Porto no Português; CONFIRA OUTRO CONFRONTOD DA RODADA.

O Estoril venceu o Vitória de Guimarães por 3 a 1, nesta sexta-feira, fora de casa, pela 26ª rodada do Campeonato Português e colocou pressão sobre o gigante Porto, terceiro colocado e primeiro time no grupo dos que se classificam à Champions League.

Os mandantes saíram na frente com Alex, e o Estoril virou o jogo com dois gols do brasileiro Bruno Lopes, atacante revelado pelo Figueirense. Gerso aumentou nos acréscimos do segundo tempo.

O Estoril, equipe repleta de brasileiros – inclusive o presidente – e que tem como parceiro o grupo Traffic, tem 46 pontos no Português, apenas três a menos que o Porto e com um jogo a mais.

O Porto, atual tricampeão nacional, recebe a Académica na 26ª rodada da liga, domingo que vem. O Benfica é o líder da competição com 64 pontos, seguido do Sporting, com 57.

Veja os demais confrontos da rodada:

Sábado
14h Olhanense x Braga
16h15 Paços Ferreira x Sporting

Domingo
12h Gil Vicente x Belenenses
12h Marítimo x Arouca
13h Vitoria de Setúbal x Nacional
15h15 Porto x Académica

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.