29/05/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Após hiato de dez anos, Flamengo e Vasco se reencontram em final de Carioca cheia de escritas

4 min read

Por Felipe Lyra, do ESPN.com.br.

Gazeta Press

Expectativa é de um clássico quente entre Flamengo e Vasco neste domingo, no Maracanã
Expectativa é de um clássico quente entre Flamengo e Vasco neste domingo, no Maracanã

Uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro está prestes a viver seu capítulo mais relevante da última década: após um hiato de dez anos, Flamengo e Vasco voltam a se encontrar em uma final de Campeonato Carioca neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã.

Na esteira do sucesso recente do Fla e das dificuldades vividas pelo Vasco, os clássicos decisivos reservarão algumas escritas. A última vez que o Cruzmaltino venceu o arquirrival em uma decisão foi em 1988, quando duas vitórias – 2 a 1 e 1 a 0 – foram suficientes para garantir o título estadual por antecipação. A previsão era de quatro confrontos, mas o clube de São Januário evitou os últimos dois por já ter iniciado o quadrangular final com um ponto conquistado.

Desde então, foram sete decisões, todas com final feliz para o Flamengo. Em 1999 e, mais recentemente, em 2011, o Rubro-Negro superou o rival na decisão da Taça Rio e sequer precisou de uma final geral para sagrar-se campeão. Em 99, 2000, 2001 e 2004, o sucesso veio em finais de Carioca. Ainda houve 2006, quando o único “Clássico dos Milhões” válido pela decisão de uma competição fora do Rio de Janeiro terminou em mais um sucesso do Fla, que conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil.

Agora, o Cruzmaltino chega embalado para quebrar a sequência negativa para o rival. Um dos trunfos é a concentração total na final, diante de um Fla dividido entre o Estadual e a Libertadores. Na última quinta-feira, o Vasco mandou um time B a Manaus para enfrentar o Resende, pela Copa do Brasil, afim de concentrar-se na final de domingo. O Fla, por sua vez, retornou de uma viagem cansativa ao Equador apenas na última quinta, após vencer o Emelec por 2 a 1.

A partida de volta está marcada para o domingo seguinte (13 de abril), também às 16h e, é claro, também no Maracanã. O Fla pode levantar a taça com apenas dois empates, por ter terminado a primeira fase na primeira colocação. Se o placar acumulado ao fim dos dois confrontos estiver empatado, com uma vitória para cada equipe, o campeão será decidido na disputa de pênaltis.

Gazeta Press

Artilheiro do Estadual, com 11 gols, Edmilson é uma das esperanças cruzmaltinas
Artilheiro do Estadual, com 11 gols, Edmilson é uma das esperanças cruzmaltinas

Cautela em São Januário

Com uma semana para recuperar seus jogadores depois da vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, no último domingo, o Vasco tem poucos problemas. Além dos reservas Henrique e William Barbio, que seguem no departamento médico, Guiñazú e Diego Renan perderam treinos durante a semana. A dupla voltou às atividades na manhã deste sábado e não deve ser problema para a decisão. Mas o técnico Adilson Batista ainda preferiu manter a cautela.

“Os dois (Guiñazu e Diego Renan) trabalharam e agora aguardamos a avaliação final dos próprios atletas e do departamento médico”, afirmou.

Após atuar com três volantes durante boa parte da primeira fase do Estadual, o Vasco mudou para um esquema com três atacantes nos clássicos da semifinal contra o Fluminense. Com o bom resultado obtido, a estrutura será mantida.

Problemas em todos os setores rubro-negros

No outro lado do clássico, a “maratona” pela Libertadores tem cobrado seu preço, e o Flamengo não terá cinco titulares para o primeiro jogo da decisão: os laterais Léo Moura e André Santos e o meia Elano, com problemas musculares na coxa, o volante Cáceres, com uma luxação no ombro, e o atacante Hernane, com uma fratura na região lombar.

Fla Imagem

Ex-jogador do Vasco, Alecsandro (10 gols) substituirá Hernane e tentará alcançar Edmilson na artilharia
Ex-jogador do Vasco, Alecsandro (10 gols) substituirá Hernane e tentará alcançar Edmilson na artilharia

Com isso, Léo e João Paulo deverão assumir as laterais. No meio, a aposta deve ser em uma trinca de volantes composta por Amaral, Márcio Araújo e Luiz Antônio. Alecsandro, vice-artilheiro do Estadual, com dez gols, será a referência na área.

FICHA TÉCNICA
VASCO X FLAMENGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de abril de 2014 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Loureiro dos Santos (RJ)

VASCO: Martín Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazú, Pedro Ken e Douglas; Everton Costa, Edmilson e Reginaldo
Técnico: Adilson Batista.

FLAMENGO: Felipe, Léo, Walace, Samir e João Paulo; Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antônio e Everton; Paulinho e Alecsandro.
Técnico: Jayme de Almeida.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.