21/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Irritado com provocações vascaínas, Felipe ironiza: ‘Roubado é mais gostoso!’

3 min read

Por Pedro Henrique Torre e Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br.

A conquista 33º Campeonato Carioca do Flamengo teve gosto especial para Felipe. Não apenas por levantar mais uma taça com a camisa rubro-negra, mas, também, por poder responder às provocações dos jogadores vascaínos, como Fellipe Bastos e William Barbio, à beira do gramado. Ao ser informado por um jornalista que o gol de Márcio Araújo foi em impedimento, o goleiro deu um bico nos bons costumes e desabafou como um torcedor:

“Foi impedido? Ah, então roubado é mais gostoso ainda!”, disse o goleiro, ainda no gramado do Maracanã, antes de descer para o vestiário.

A revolta do camisa 1 do Flamengo era, estritamente, às provocações recebidas ao longo do jogo. Segundo ele, o vascaínos debochavam da torcida, dos jogadores no banco do Flamengo e também de quem estava em campo. O relógio contava pouco mais de 30 minutos do segundo tempo, logo após o gol de Douglas. Felipe ainda aproveitou para provocar sobre o jejum de títulos cariocas do Vasco, que permanece desde 2003.

Fla Imagem

O goleiro rubro-negro Felipe vibra com o troféu de campeão carioca
O goleiro rubro-negro Felipe vibra com o troféu de campeão carioca

“O que a gente não quer ver é os atletas no banco ali. 30 minutos, xingando, fazendo gestos. Não precisava, né? Pedimos tanto para não ter violência no estádios. O jogo acaba quando o juiz apita. Então três, quatro, cinco jogadores do Vasco fazendo gestos ali para mim, para mim, para os outros jogadores, para a torcida. Isso não precisava. Então o castigo veio a avião, não veio nem a galope. São mais dez anos que o Vasco está disputando o Campeonato Paulista, porque não disputa o Carioca porque não ganha. Agora vão ter de esperar mais um ano”, desabafou o goleiro.

Logo após Márcio Araújo tocar para o gol vascaíno e fazer explodir o Maracanã, Felipe garante que veio à memória uma cena que não foge a memória dos torcedores. Em 2001, o gol de falta de Petkovic, aos 43 minutos do segundo tempo, sacramentou a vitória de 3 a 1 sobre o Vasco e deu o tricampeonato carioca ao clube da Gávea.

“Lembrei certamente de 2001. Era torcedor ainda, morava na Bahia. Lembro muito daquele gol do Pet, até hoje chego a arrepiar. Daqui a dez anos vou ver 2014 como foi. A torcida do Flamengo ficou até o final, isso é importante. Quando você faz um gol aos 47 a maior felicidade é ver a torcida rival indo embora de cabeça baixa”, completou Felipe.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.