13/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Inter volta ao Beira-Rio e tenta quebrar sina de estreia diante do Vitória; CONFIRA FICHA TÉCNICA.

3 min read

Jeremias Wernek Do UOL, em Porto Alegre.

  • Jefferson Bernardes/ Agência Preview

    Jogo põe frente a frente times com resultados distintos em seus estaduais na volta do Beira-Rio ao BRJogo põe frente a frente times com resultados distintos em seus estaduais na volta do Beira-Rio ao BR

Campeão estadual com sobras, o Internacional estreia no Campeonato Brasileiro voltando ao Beira-Rio. Após mais de um ano sem atuar no estádio em competições nacionais, o Colorado retorna para confirmar a boa fase atual. Neste sábado, às 18h30min, a equipe dirigida por Abel Braga recebe um Vitória bastante pressionado. A meta vermelha é arrancar com três pontos e, de quebra, superar um histórico irregular no primeiro jogo.

Na era dos pontos corridos, o Internacional venceu apenas três de suas onze estreias no Brasileirão. No Beira-Rio foram seis jogos de primeira rodada do nacional e apenas duas vitórias do Colorado. E por isto o desafio deste sábado é maior.

“Estou sabendo disso agora, não sabia mesmo. Mas estreia é diferente realmente. A estreia mexe, então não podemos ter desequilíbrio. Nos sentimos muito mais protegidos sabendo que nosso torcedor estará do nosso lado, no nosso estádio”, apontou Abel Braga.

A equipe de Ney Franco, por sua vez, perdeu o Campeonato Baiano para o arquirrival e por isto inicia o Brasileirão sob desconfiança da torcida. Um cenário completamente oposto do vivido pelo Inter, que arranca com status de favorito ao título.

“Temos que fazer por onde e confirmar este favoritismo. Só depende de nós”, afirmou o meia Alan Patrick. “Precisamos manter regularidade, manter ofensividade. E acima de tudo, ter organização muito grande”, afirmou Abel.

O time para a estreia tem apenas duas mudanças em relação ao que goleou o Grêmio, por 4 a 1, no final de semana passado. Gilberto, que passou a semana treinando com a seleção brasileira sub-21, fica de fora e Cláudio Winck entra. Na zaga, Juan recupera a posição e Ernando vai para o banco.

Um dos principais ingredientes da estreia vermelha está fora das quatro linhas. O Colorado trata como reforço para o Brasileirão deste ano o retorno de seu estádio. Após atuar em Caxias do Sul e Novo Hamburgo em 2013, o Inter voltou gradativamente para casa.

Nesta temporada já foram disputados três jogos no Beira-Rio. Dois compromissos pelo Gauchão, com caráter de evento-teste, e mais recentemente o amistoso de reinauguração diante do Peñarol.

“Esse [Beira-Rio] é, juntamente com o torcedor, o nosso grande reforço. Você não sabe como é ganhar um título e fazer viagem de duas horas e meia para chegar em casa. O importante é que voltamos para casa com a relação muito forte entre time e torcida”, comentou Abel.

A última partida no estádio, agora reformado para receber a Copa do Mundo, foi em 25 de novembro de 2012. Naquela oportunidade, a equipe foi dirigida pelo interino Osmar Loss e perdeu por 2 a 0 para a Portuguesa.

No Vitória, o técnico Ney Franco tem todo o grupo à disposição, mas lida com a exigência de algo semelhante ao feito no Brasileirão do ano passado. Quando o Vitória terminou no quinto lugar, quase obtendo vaga na Libertadores.

INTERNACIONAL X VITÓRIA

Data: 19/04/2014 (sábado)
Horário: às 18h30min (horário de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcelo Van Gasse (Fifa/SP)

INTERNACIONAL
Dida; Cláudio Winck, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex, D’Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

VITÓRIA
Wilson; Ayrton, Dão, Luiz Gustavo e Mansur; Neto Coruja, José Welison, Cáceres e Juan; Marquinhos e Dinei
Técnico: Ney Franco

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.