21/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

JOGOS MARCANTES DO DIA 29 DE JUNHO; CONFIRA.

6 min read

Do Zigzagdoesporte por Galdino Silva.

29 DE JUNHO DE 1958! A TAÇA DO MUNDO É NOSSA! A sexta edição de uma Copa do Mundo coube a Suécia a organização e apresentação, e os suecos foram primordiais e fizeram um belo mundial! Dentro e fora de campo, como na disputa de quatro anos antes tivemos 16 seleções divididas em quatro grupos de quatro seleções, nesse mundial tivemos o retorno da Argentina após uma ausência de 24 anos e a Itália que nas eliminatórias europeias fora eliminada pela Irlanda do Norte, a Espanha também ficou fora bem como em 1954 e o Uruguai bicampeão mundial também ausente. Seleções participantes da Copa do Mundo de 1958 na Suécia: Alemanha Ocidental | Argentina | Áustria | Brasil | Escócia | França | Gales | Hungria | Inglaterra | Irlanda do Norte | Iugoslávia | México | Paraguai | Suécia | Tchecoslováquia | URSS. Irlanda do Norte, País de Gales e URSS faziam suas estreias em mundiais. A Copa da Suécia foi a primeira a ser televisionada. Mais de setenta países acompanharam o evento. Estádios e uma equipe competitiva foram construídos especialmente para a Copa da Suécia. De acordo com o revezamento a Copa de 1958 deveria ser feita na América do Sul, mas a FIFA decidiu manter na Europa mais uma Copa, que gerou muitos protestos dos países sul-americanos. A seleção inglesa chegou bastante desfalcada para a Copa devido a um acidente ocorrido meses antes do inicio da mundial! O avião que transportava diversos jogadores do Manchester United caiu em Munique. O United era base da seleção inglesa. O Brasil para essa Copa tinha levado um bom time, com jogadores experientes e jovens com força, vigor e talento de sobra.

Na estreia, contra a Áustria, a seleção não jogou tão bem, mas mesmo assim conseguiu vencer por 3 a 0, com dois gols de Mazzola e um de Nilton Santos 08/junho/1958 Brasil 3 x 0 Áustria Local: Rimervallen (Uddevalla) Árbitro: Maurice Guigue (França) Gols: Mazzola 38 do 1º tempo; Nílton Santos 4, Mazzola 44 do 2º. BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Dino, Didi; Joel, Mazzola, Dida, Zagalo. ÁUSTRIA: Szanwald; Halla, Koller; Hanappi, Swoboda, Happel; Horak, Senekowitch, Buzek, Korner, Schlege

Fotos: Mazolla contra a Inglaterra e Nilton Santos contra a Áustria.

Na segunda rodada, o único empate, um 0 a 0 contra a Inglaterra – o primeiro jogo sem gols da história das Copas. 11/junho/1958 Brasil 0 x 0 Inglaterra Local: Nya Ullevi (Gotemburgo) Árbitro: Albert Dusch (Alemanha Ocidental) BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Dino, Didi; Joel, Mazzola, Vavá, Zagalo. INGLATERRA: McDonald; Howe, Banks; Clamp, Wright, Slater; Douglas, Robson, Kevan, Haynes, A’Court.

Para a terceira partida, contra a forte equipe da União Sovética, o técnico Vicente Feola resolveu mexer no time, colocando os atacantes Garrincha e Pelé. Três minutos bastaram para mostrar do que essa equipe era capaz. 15/junho/1958 Brasil 2 x 0 URSS Local: Nya Ullevi (Gotemburgo) Árbitro: Maurice Guigue (França) Gols: Vavá 3 do 1º tempo; Vavá 21 do 2º. BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Zito, Didi; Garrincha, Vavá, Pelé, Zagalo. URSS: Yashin; Kesarev, Krijevsky; Kuznetsov, Voinov, Tsarev; A. Ivanov, V. Ivanov, Simonjan, Igor Netto, Iljin.

Quartas-de-final: 19/junho/1958 Brasil 1 x 0 País de Gales Local: Nya Ullevi (Gotemburgo) Árbitro: Hriedrich Speilt (Áustria) Gol: Pelé 26 do 2º tempo. BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Zito, Didi; Garrincha, Mazzola, Pelé, Zagalo. PAÍS DE GALES: Kelsey; Williams, M. Charles; Hopkins, Sullivan, Bowen; Medwin, Hewitt, Webster, Allchurch, Jones. Foto: Comemoração do gol de Pelé contra Gales.

A semifinal foi contra a França de Just Fontaine o artilheiro da Copa e o melhor ataque contra a melhor defesa, o jogo começou bem com o Brasil saindo na frente antes do primeiro minuto, Fontaine empatou e a seleção brasileira sofria o primeiro gol no mundial, no fim deu Brasil 5 x 2 França. Semifinal: 24/junho/1958 Brasil 5 x 2 França Local: Raasunda (Estocolmo) Árbitro: Mervyn Griffiths (País de Gales) Gols: Vavá 56 s, Fontaine 8, Didi 39 do 1º tempo; Pelé 8, 19 e 31, Piantoni 40 do 2º. BRASIL: Gilmar; De Sordi, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Zito, Didi; Garrincha, Vavá, Pelé, Zagalo. FRANÇA: Abbes; Kaelbel, Jonquet; Lerond, Penverne, Marcel; Wisnieski, Kopa, Fontaine, Piantoni, Vincent. Foto: Pelé contra a França

A final foi disputada contra a Suécia, dona da casa. O Brasil entrou em campo com o uniforme azul, já que na véspera havia perdido o sorteio. U$ 35,00 foi o preço que o Brasil pagou nas camisas azuis compradas às pressas para a final da Copa, já nos vestiários com todos vestidos o dirigente Paulo Machado de Carvalho invocou a fé e disse: “A cor azul vai dar sorte, pois é a mesma do mando de Nossa Senhora da Aparecida, a padroeira do Brasil” Final: 29/junho/1958 Brasil 5 x 2 Suécia Local: Raasunda (Estocolmo) Árbitro: Maurice Guigue (França) Gols: Liedholm 4, Vavá 8 e 32 do 1º tempo; Pelé 11, Zagalo 23, Simonsson 35, Pelé 44 do 2º. BRASIL: Gilmar; Djalma Santos, Bellini, Orlando, Nílton Santos; Zito, Didi; Garrincha, Vavá, Pelé, Zagalo. SUÉCIA: Svensson; Bergmark, Axbom; Borjesson, Gustavsson, Parling; Hamrin, Gren, Simonsson, Liedholm, Skoglund. Fotos da partida final:

Brasil na Copa do Mundo de 1958 na Suécia Campeão 6 jogos | 5 vitórias e 1 empate | 16 gols a favor e 4 gols sofridos | saldo de gols +12. Artilheiros: Just Fontaine (França) – 13 gols Pelé com 6 gols foi o artilheiro do Brasil. Jogadores campeões mundias: Goleiros: Gilmar e Castilho Laterais: De Sordi , Djalma Santos, Nilton Santos e Oreco. Zagueiros: Bellini, Orlando, Zózimo e Mauro Ramos. Meias: Zito, Dino Sani, Moacir, Didi. Atacantes: Dida, Mazolla, Joel, Pelé, Garrincha, Zagalo, Pepe e Vavá. Técnico: Vicente Feola, Preparador: Paulo Amaral, Massagista: Mário Américo, Chefe da Delegação: Dr. Paulo Machado de Carvalho.

“A conquista do Mundial de 1958 representa o fim do ‘complexo de vira-latas’ do homem brasileiro” Nelson Rodrigues, escritor e jornalista esportivo

Amigão segue alguns jogos dos dias 28 e 29 de Junho!

NO DIA 28 DE JUNHO DE 1950 A SELEÇÃO BRASILEIRA FAZIA A SUA SEGUNDA PARTIDA NO MUNDIAL E NO PACAEMBU EMPATAVA COM A SUÍÇA POR 2 x 2 RESULTADO QUE DEIXOU A TORCIDA REVOLTADA.

Foto do segundo gol brasileiro.

NO DIA 28 DE JUNHO DE 1972 A SELEÇÃO BRASILEIRA ESTREAVA NA MINI COPA EMPATANDO COM A TCHECOSLOVÁQUIA NO MARACANÃ POR 0 x 0.

NO DIA 28 DE JUNHO DE 1981 O FLUMINENSE DE FEIRA VENCIA O BAHIA POR 1 x 0 NO JOIA DA PRINCESA EM PARTIDA PELO SEGUNDA FASE DO PRIMEIRO TURNO DO CAMPEONATO BAIANO! NESSE JOGO O BAHIA PERDEU A SUA INVENCIBILIDADE NO CAMPEONATO.
Foto: Três irmãos se enfrentaram no jogo acima do Flu de Feira e Bahia em 1981. Edinho Jacaré pelo Bahia e Nildo e Escurinho autor do gol do Flu.

NO DIA 28 DE JUNHO DE 1987 O BRASIL GOLEAVA A VENEZUELA POR 5 x 0 NA SUA ESTREIA NA COPA AMÉRICA DA ARGENTINA O TRIUNFO AMENIZOU O CLIMA PESADO DEVIDO AO PEDIDO DE DESLIGAMENTO DO ATACANTE MIRANDINHA! QUE TERMINOU VOLTANDO ATRÁS APÓS O TRIUNFO CANARINHO.

Time brasileiro que enfrentou a Venezuela em 1987.

NO DIA 29 DE JUNHO DE 1950 EM BELO HORIZONTE OS ESTADOS UNIDOS VENCIA A INGLATERRA POR 1 x 0 PELA SEGUNDA RODADA DA COPA DO MUNDO DO BRASIL! PARA MUITOS ESSA É A MAIOR ZEBRA DE TODOS OS MUNDIAIS E VOCÊ?

Foto: Gol americano.

NO DIA 29 DE JUNHO DE 1951 O GALÍCIA VENCIA O FLUMINENSE/RJ POR 2 x 0 NO CAMPO DA GRAÇA EM PARTIDA VÁLIDA PELA EXCURSÃO DO TIME CARIOCA AO NORDESTE! O GALÍCIA VENCEU COM AUTORIDADE E PODERIA TER GOLEADO.

Galícia que venceu o Fluminense em 1951.

NO DIA 29 DE JUNHO DE 1972 O CEARÁ APLICAVA UMA VERDADEIRA SURRA NO VITÓRIA NA FONTE NOVA EM PARTIDA VÁLIDA POR UM TORNEIO AMISTOSO QUE AINDA TINHA BAHIA E PAYSANDU! O CEARÁ VENCEU POR 7 x 2.

Foto: Samuel atacante do Ceará que marcou três gols na goleada de 7 x 2 diante o Vitória.

NO DIA 29 DE JUNHO DE 1974 O FORTALEZA VENCIA O AMÉRICA/RJ EM PARTIDA VÁLIDA PELO CAMPEONATO BRASILEIRO SEGUNDA FASE PRIMEIRA RODADA. O SHOW DA TARDE FOI DE GERALDINO.

Foto: Geraldino e Loiro na partida contra o América/RJ.

NO DIA 29 DE JUNHO DE 1986 A ARGENTINA CONQUISTAVA O BICAMPEONATO MUNDIAL AO VENCER A ALEMANHA OCIDENTAL NO ESTÁDIO AZTECA NO MÉXICO! ARGENTINA 3 X 2 ALEMANHA OCIDENTAL.

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.