22/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Pelotão frustra xará de ’24 horas’, e norueguês leva 15ª etapa do Tour de France.

2 min read

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

Getty Images

Jack Bauer (azul) liderou ao lado do suíço Elmiger até os ultimos segundos, mas ficaram para trás
Jack Bauer (azul) liderou ao lado do suíço Elmiger até os ultimos segundos, mas ficaram para trás

Num dia complicado por causa da chuva, o suíço Martin Elmiger, da IAM Cycling, e o neozelandês Jack Bauer, da Garmin-Sharp, lideraram a corrida até os 150 metros finais, mas foram engolidos pelo pelotão no último sprint, e o norueguês Alexandre Kristoff, da Katusha, conseguiu a sua segunda vitória no Tour, após ter vencido a 12ª etapa.

O italiano Vicenzo Nibali, da Astana Pro Team, manteve mais uma vez a camisa amarela e a liderança geral, seguido pelo espanhol Alejandro Valverde, da Movistar, pelo faces Romain Bardet, da AG2R La Mondiale, e o norte-americano Tejay Van Garderen é o quinto.

Nas outras camisas, nenhuma mudança: Joaquim Rodrigues, da Katusha, permanece como melhor nas montanhas, com sua camisa branca de bolinhas vermelhas; Peter Sagan lidera a pontuação do Tour, com 402, e não larga a camisa verde; Romain Bardet segue como o líder entre os menores de 25 anos e veste a camisa branca.

Elmiger e Bauer foram os primeiros a escapar, logo no início do dia, quando os pilotos saíram da zona neutra. A vantagem chegou a ficar na faixa dos oito minutos, enquanto a frente do pelotão se alternava entre os ciclistas da Lotto, Katusha e a Giant.

Numa prova que vinha bastante rápida, a chuva chegou após 93km e “apimentou” um pouco as coisas. Com a pista molhada e bastante vento, a diferença dos dois líderes para o pelotão oscilava, assim como o vento forte que atrapalhava os corredores. Ironicamente, após 27 pilotos terem abandonado o Tour, num dos dias mais propensos a acidentes, não houve nenhuma queda, apenas alguns pneus furados.

Aos poucos, o pelotão foi diminuindo o gap e os últimos quilômetros anunciavam uma chegada apertada e emocionante. Coincidentemente, o sol abriu já nos momentos derradeiros da etapa, enquanto os competidores partiram para o sprint final.

Esgotados, nem o xará do agente dá série “24 Horas”, nem o suíço conseguiram aguentar a pressão: terminaram na décima e 16ª sexta posição respectivamente. Kristoff sagrou-se vencedor, liderando um pelotão enorme de 69 bicicletas, que cruzaram a linha de chegada em apenas alguns segundos.

Esta segunda-feira será de descanso para os ciclistas. Eles retornam na terça para a 16ª etapa, entre Carcassone e Bagnères-de-Luchon. O trecho de 237,5km será o dia mais longo de todos. A ESPN transmite, ao vivo, a partir das 10h da manhã.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.