04/03/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Vamos a mais um giro pelos campeonatos europeus, confira o campeonato espanhol, inglês e francês

6 min read

Diego Costa continua se destacando no campeonato espanhol.

Do ZigZag do Esporte.

Campeonatos europeus.

 Atlético de Madri repete Barcelona e segue perfeito no Espanhol.

Um time que beira à perfeição taticamente, e um Diego Costa que não para de fazer gols. É essa uma das explicações para o ótimo futebol do Atlético de Madri, que neste domingo bateu o Celta por 2 a 1 no Vicente Calderón, em Madri, e manteve os 100% de aproveitamento no Campeonato Espanhol.

E o triunfo dos Colchoneros teve como protagonista o atacante brasileiro que está cada vez mais perto de defender a seleção espanhola. Ele até perdeu um pênalti, mas redimiu-se na sequência, fez dois gols e chegou a dez, superando nada mais, nada menos que Lionel Messi e isolando-se na artilharia da disputa nacional. Nolito marcou para a equipe de Vigo.

Assim como o Barcelona, que no sábado goleou o Valladolid por 4 a 1 mesmo sem o astro argentino, autor de oito gols, mas que está lesionado, o Atlético de Madri também ampliou seu recorde de melhor início de Espanhol na história ao registrar oito vitórias em oito jogos.

Logo, madrilenhos e catalães seguem dividindo a liderança com 24 pontos, mas com a equipe de Neymar levando vantagem no saldo de gols – 22 a 15. Já são cinco pontos de vantagem para o multimilionário Real Madrid, que no sábado sofreu muito para bater o Levante por 3 a 2.

Na próxima rodada, o Atlético de Madri visitará o Espanyol, enquanto o Celta, que é uma espécie de ‘filial’ do Barcelona e está apenas em 16o lugar na tabela, receberá o Levante.

O jogo – O Atlético de Madri dominou completamente a primeira etapa, criando não só várias oportunidades de gol como fazendo uma marcação tão boa que o Celta não conseguiu concluir uma vez sequer ao gol do belga Courtois.

Aos sete minutos, Juanfran fez jogadaça individual pela direita e cruzou na medida para Diego Costa, que cabeceou para fora. Aos dez, o brasileiro enfiou ótima bola para David Villa, que, dentro da área, bateu colocado e viu o goleiro Yoel fazer excelente defesa.

Aos 14, já eram quatro finalizações dos Colchoneros. Aos 25, o também brasileiro Filipe Luís invadiu a área pela esquerda e foi derrubado pelo zagueiro Costas. Pênalti claro que Diego Costa cobrou, mas Yoel, em dia inspiradíssimo, pegou ao cair para seu lado esquerdo.

No rebote, Villa perdeu a chance de abrir o placar. Irritado, o espanhol socou um objeto ao lado da trave direita. Desolado, Diego Costa chutou a trave esquerda. Mas o erro não fez o time de Madri parar, e a pressão continuou.

Aos 27, novo cruzamento na área acabou em conclusão de Diego Costa, mas o espanhol Yoel, de 25 anos e cria da base do Celta, fez mais uma intervenção. Aos 42, Filipe Luís cruzou, o atacante brasileiro acertou um belo sem pulo, mas Yoel, de novo, pegou. Até ali, o zero no placar era ‘culpa’ dele.

No minuto seguinte, porém, não teve jeito. Filipe Luís foi outra vez à linha de fundo e cruzou rasteiro desta vez para Diego Costa mandar para as redes. Godín saiu comemorando, mas o gol foi dado para o brasileiro, de fato o último a tocar na bola. 1 a 0 para o Atlético. Aos 46, Yoel ainda fez mais uma defesa em cabeçada de Godín.

 

Oscar e Willian marcam, Chelsea bate Norwich no fim e entra no G-4.

Reuters

Chelsea contou com gols brasileiros para superar o Norwich por 3 a 1, fora de casa
Chelsea contou com gols brasileiros para superar o Norwich por 3 a 1, fora de casa

Com boa participação brasileira, o Chelsea teve muito trabalho, mas conseguiu vencer o Norwich por 3 a 1 no Carrow Road, neste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Inglês. Oscar e Willian balançaram a rede para os visitantes, assim como o belga Hazard. Pilkington fez para o time da casa.

LEIA MAIS
Belga de 18 anos decide, livra United de vexame e dá a vitória sobre o lanterna
Liverpool resolve no 1º tempo, vence o Crystal Palace e dorme na liderança
City se recupera de ‘chocolate’ contra o Bayern e devolve placar no Everton

O triunfo faz os comandados de José Mourinho entrarem no G-4 da Premier League, graças à derrota do Everton para o Manchester City, no sábado. Os Blues chegam a 14 pontos e ficam na terceira posição, ao menos temporariamente. Isso porque o Tottenham ainda entrará em campo e poderá ultrapassar o rival. Já o Norwich estaciona nos sete pontos e fica perto da zona de rebaixamento.

A equipe londrina abriu o placar logo aos quatro minutos do primeiro tempo, quando Oscar aproveitou passe de Demba Ba dentro da área para concluir rasteiro no canto esquerdo do goleiro Ruddy. Os mandantes reagiriam na volta do intervalo. Aos 23 minutos, Pilkington aproveitou cobrança de escanteio e mandou para a rede.

O Chelsea chegaria à vitória apenas nos minutos finais da partida. Aos 40, em contra-ataque, Hazard foi lançado por Oscar, aproveitou recuo errado do zagueiro adversário e chutou rasteiro, e Ruddy aceitou. No minuto seguinte, Willian deu um belo chute no ângulo para marcar seu primeiro gol com a camisa azul e dar números finais ao marcador.

Pela próxima rodada do Campeonato Inglês, o Chelsea receberá o Cardiff no Stamford Bridge, no dia 19 de outubro (sábado), às 11h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Norwich visitará o Arsenal no Emirates Stadium.

Sensação da Premier League, Southampton vence mais uma

Em outro jogo deste domingo, o Southampton recebeu o Swanusea no St. Mary’s Stadium e venceu por 2 a 0. Com 14 pontos, a equipe, que somou seu terceiro triunfo seguido, vem logo atrás do Chelsea por conta do menor saldo de gols (6 a 5). Já o time galês está com sete pontos, na parte inferior da tabela.

Os mandantes abriram o placar aos 19 minutos da etapa inicial com um gol de Lallana. Rodríguez, aos 38 do segundo tempo, definiu a vitória do Southampton que dá sequência à sua campanha surpreendente neste início do Inglês.

 

Montpellier desencanta no Francês, faz 5 e deixa Lyon em crise.

Rei dos empates no Campeonato Francês, o Montpellier desencantou em grande estilo neste domingo. A equipe recebeu o Lyon no Stade de la Mosson e goleou por 5 a 1, em jogo válido pela nona rodada da competição.

O triunfo é apenas o segundo do Montpellier, que é o time que mais empatou na Ligue 1 – seis vezes, sendo que cinco vieram nas últimas cinco rodadas. Agora, o time campeão nacional em 2011/12 chega a 12 pontos e fica na oitava posição.

Por outro lado, o Lyon vê sua fase piorar ainda mais. Sem vencer há quatro jogos oficiais – dois empates e duas derrotas, o clube que dominou o futebol francês na última década estaciona nos 11 pontos e termina a jornada na 13ª posição.

Os grandes destaques da partida deste domingo foram Montaño e Cabella, autores de dois gols cada. Mounier também deixou o dele para o time da casa. Lacazette descontou para os visitantes.

Pela próxima rodada do Campeonato Francês, o Montpellier voltará a jogar como mandante, contra o Lille, no dia 19 de outubro (sábado), às 15h (de Brasília). Um dia depois, o Lyon receberá o Bordeaux no Gerland, às 17h.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.