23/04/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Vamos a mais um giro espetacular pelos jogos do brasileirão 2013; confira

8 min read

Do ZigZag do Esporte.

Campeonato brasileiro 26ª rodada.

Corinthians pega desfalcado Atlético-MG para deixar a crise para trás.

Gazeta Press

O técnico Tite no treinamento do Corinthians, em Mogi Miri
O técnico Tite ficou aliviado após a vitória sobre o Bahia

Terminada a sua série de partidas sem vitória, interrompida após cinco derrotas e três empates com o triunfo sobre o Bahia, o Corinthians espera deixar a crise para trás com mais um bom resultado. A equipe de Tite tentará dar sequência ao bom trabalho diante de um Atlético-MG em crescimento, mas cheio de desfalques.

O confronto acontecerá às 16h (de Brasília) de domingo, no Estádio Independência. A expectativa é que o time do Parque São Jorge jogue mais leve, sem o peso de um jejum que durou mais de um mês. Foi duro o período, no qual só um gol foi marcado – um gol contra do Goiás.

“Fazia tempo que o time não sentia o gosto da vitória”, disse um aliviado Tite, após o triunfo por 2 a 0 sobre o Bahia, que deixou a distância para a zona de classificação à Copa Libertadores em sete pontos. “Foi duro o mês. Você tem que ter uma força interior muito forte. Vai continuar sendo duro, mas a retomada do nosso padrão é o objetivo.”

Satisfeito com o desempenho da equipe na última quarta – especialmente do ataque, que voltou a funcionar -, o gaúcho não poderá repetir a escalação. Alexandre Pato já está a serviço da seleção brasileira, e Emerson recebeu o terceiro cartão amarelo. Douglas e Romarinho assumirão seus lugares, voltando também a dupla de zaga titular. Danilo, desgastado, cede espaço a Ibson.

Os problemas são maiores do outro lado. O Atlético-MG, que está em crescimento no Campeonato Brasileiro e ocupa a quinta colocação, tem desfalques em todos os setores. O goleiro Victor e o atacante Jô foram convocados para a seleção. O lateral Júnior César está suspenso, e Richarlyson, que atua no setor, machucado.

Também estão lesionados Réver, Gilberto Silva, Carlos César, Michel, Dátolo e Ronaldinho Gaúcho. Tantas baixas abrirão espaço para jogadores como Giovanni, Emerson, Lucas Cândido e Alecsandro. De qualquer maneira, os atleticanos, embalados por uma goleada por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, mostram confiança.

Diego Tardelli, que vem executando a função de Ronaldinho, mostra esperança até no título, apesar da distância enorme de 18 pontos para o rival e líder Cruzeiro.

“Aos poucos, temos subido. Quem sabe os times lá de cima tropeçam? Quem sabe nosso rival não tropeça, e começamos a pensar no título”, sonhou.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG X CORINTHIANS

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 6 de outubro de 2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia e Fábio Pereira

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Emerson e Lucas Cândido; Pierre, Josué, Tardelli e Luan; Fernandinho e Alecsandro
Técnico: Cuca

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Alessandro; Ralf e Guilherme; Romarinho, Douglas e Ibson; Guerrero
Técnico: Tite

 

Embalados, Flamengo e Vasco fazem clássico em Brasília.

FlaImagem

Recreativo do Flamengo antes do clássico contra o Vasco, em Brasília
Recreativo do Flamengo antes do clássico contra o Vasco, em Brasília

Embalados por bons resultados no meio de semana, mas ainda necessitando muito do triunfo para se distanciarem da parte de baixo da tabela de classificação, Flamengo e Vasco fazem clássico carioca pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

O Rubro-Negro, que no meio de semana fez 2 a 0 no Coritiba e quebrou jejum de 15 anos sem vencer o rival no Paraná, soma 33 pontos, cinco a mais que os vascaínos, que na quinta superaram o Internacional por 3 a 1.

Os bons resultados obtidos na última rodada estão fazendo com que os jogadores dos dois times esperem um grande confronto neste domingo. O lateral direito Leonardo Moura, por exemplo, acredita que o estádio terá um grande público.

“Sempre que os resultados ajudam os torcedores comparecem em grande número e tenho certeza de que o estádio vai estar cheio, ainda mais para um clássico do porte de Flamengo e Vasco, com os dois times precisando muito da vitória para melhorarem a condição deles no Campeonato Brasileiro”, afirmou Leonardo Moura.

O zagueiro vascaíno Cris espera um jogo movimentado. “Acredito em uma partida de grande movimentação, com os dois times buscando sempre o resultado positivo, já que ambos necessitam demais de uma vitória. Tenho certeza de que vai valer à pena acompanhar o confronto, pois a vontade dos jogadores é grande e vai se traduzir em muita disputa em campo”, disse Cris.

O técnico Dorival Júnior concorda com esse ponto de vista, mas fez um alerta a seus jogadores, pois sabe que a rivalidade entre os times é um fator que precisa ser levado em consideração.

“Flamengo e Vasco sempre vão protagonizar jogos muito disputados, ainda mais quando os dois times estão em situação delicada e precisando do resultado positivo para afastarem o risco de rebaixamento. Vamos encontrar muitas dificuldades, a vontade é grande, mas precisamos de equilíbrio e tranquilidade para ganharmos”, ensinou Dorival.

Jayme de Almeida, comandante do Flamengo, também tem a receita para seu time vencer.
“O mais importante é repetirmos aquilo que deu certo nos jogos anteriores que vencemos, ou seja, jogarmos com muita simplicidade e dedicação, reconhecendo os méritos e virtudes de nosso adversário, mas sabendo que podemos sempre ganhar. Temos que fazer isso contra o Vasco”, analisou Jayme.

Em termos de escalação, Dorival Júnior pretendia repetir a equipe do jogo passado, mas não poderá, já que o meia Dakson sofreu uma lesão na coxa direita e fica de fora. Assim, Willie deve ser escalado no seu lugar. O atacante Edmilson, reclamando de fisgada na coxa esquerda, deverá ser vetado, abrindo espaço para o retorno de André. Assim, Marlone será recuado para o meio de campo.

Pelo lado do Flamengo, Jayme de Almeida vai promover uma alteração na equipe. O goleiro Felipe, que cumpriu suspensão contra o Coritiba, reaparece na vaga de Paulo Victor.

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram também em Brasília e, naquela ocasião, o Flamengo levou a melhor, ganhando por 1 a 0 com um gol solitário de Paulinho.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X VASCO

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 6 de outubro de 2013 (Domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Marcelo Barison (RS) e Rafael da Silva Alves (RS)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Chicão e João Paulo; Amaral, Elias, André Santos e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

VASCO: Diogo Silva, Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Fillipe Soutto, Pedro Ken, Juninho Pernambucano e Marlone; Willie e André
Técnico: Dorival Júnior

 

Atletiba da redenção tem ares de decisão para Atlético-PR e Coritiba.

Gazeta Press

Paulo Baier (à dir.) comemora após abrir o placar contra o Inter
Atlético-PR tenta reencontrar o caminho das vitórias

Uma partida cheia de simbolismos. Esse será o Atletiba da redenção, que reúne Atlético Paranaense e Coritiba, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Vila Capanema, pelo Campeonato Brasileiro 2013. Depois de duas derrotas consecutivas, o Atlético precisa embalar novamente para não ficar ameaçado no G4. Já o Alviverde, em vertiginosa queda, tem uma chance de ouro para se recuperar e abalar o rival.

Para montar o time, o técnico Vagner Mancini não contará com dois titulares. O zagueiro Luiz Alberto e o lateral-esquerdo Pedro Botelho cumprem suspensão por terem sido expulsos na derrota para o Grêmio. Dráusio entra na zaga, enquanto Rodrigo Biro é o nome disponível para a lateral. Em compensação, Marcelo, que volta de suspensão, entra na briga com Dellatorre e Roger por um lugar no ataque ao lado de Ederson.

O treinador atleticano, que passa pelo momento mais instável desde sua chegada, quer equilíbrio emocional para superar o adversário.

“O Atlético vai reunir todas as forças necessárias para fazer um bom jogo no domingo. Neste momento, temos que ter a calma necessária, e saber que a partir de agora temos que ter tranquilidade para retomar o caminho”, avaliou.

Com o time cada vez mais próximo da zona de rebaixamento, a crise parece não ter fim pelo lado do Coritiba. O técnico Péricles Chamusca, que estreou com derrota para o Flamengo no meio de semana, sabe que este é o momento e o jogo ideal para começar uma arrancada. Do contrário, os problemas podem levar a novas medidas drásticas no clube, desta vez podendo chegar aos jogadores.

O treinador, que pouco tempo teve para trabalhar o time em meio ao ambiente caótico, admite que uma vitória pode ser o impulso que está faltando para a reação, e espera ter reforços para escalar.

“Nossa preocupação é buscar a vitória e criar um ambiente diferente. Futebol é em cima de resultados e temos que estar prontos para sair dessa turbulência. Teremos alguns retornos, os que estavam fora por suspensão, outros que podem ser liberados e assim as coisas começam a clarear em relação a grupo. Eu acredito muito na força do trabalho”, emenda.

E o departamento médico deve contribuir. O zagueiro Leandro Almeida, o volante Uelliton e o atacante Geraldo, recuperados de lesão, devem estar à disposição. Além dos três, o volante Gil e o zagueiro Escudero, que cumpriram suspensão automática, podem reaparecer.

Entretanto, todas essas voltas podem não ser suficientes para suprir uma possível lacuna deixada por Alex. Com uma luxação no quinto dedo do pé, o garoto de ouro coxa-branca está praticamente fora do jogo. O volante Germano, expulso em sua estreia, cumpre suspensão.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR X CORITIBA

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 06 de outubro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Salgado Rizo

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Manoel, Dráusio e Rodrigo Biro; Bruno Silva, João Paulo, Everton e Paulo Baier; Marcelo e Ederson
Técnico: Vagner Mancini

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Diogo; Uelliton, Gil, Robinho e Lincoln (Alex); Vitor Júnior e Bill (Geraldo)
Técnico: Péricles Chamusca

 

Fonte: espn.com.br

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.