14/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

EUA atropelam time mais ‘frágil’ do Mundial de vôlei e se recuperam; Argentina vence; confira tudo da rodada.

2 min read

ESPN.com.br.

DIVULGAÇÃO/FIVB

Vôlei Mundial Estados Unidos Matthew Anderson Porto Rico Cracóvia Polônia 04/09/14
Grandalhão Matthew Anderson celebra ponto dos EUA contra Porto Rico  

Depois de uma estreia com dificuldades contra a emergente Bélgica, mas com vitória, e de uma derrota inesperada para a sensação Irã, os Estados Unidos, enfim, se impuseram no Mundial masculino de vôlei e atropelaram Porto Rico por 3 sets a 0 nesta quinta-feira na Arena Cracóvia, em Cracóvia, na Polônia, com parciais de 25-15, 25-8 e 25-20.

[saiba_mais ids=”437338,437300,437208″]

O triunfo não só recupera o time campeão da Liga Mundial do revés para os asiáticos como lhe dá três pontos importantes no grupo D e moral na condição de um dos candidatos a acabar com a hegemonia do Brasil na competição (ganhou as últimas três edições).

Agora, os EUA do grandalhão Matthew Anderson, de 2,02 m, somam seis pontos e assumem provisoriamente a liderança, já que os duelos Irã x França e Itália x Bélgica acontecem ainda nesta, completando a  terceira rodada da chave – os quatro primeiros colocados de cada gruppo se classificam.

Para chegar ao triunfo, o time norte-americano aproveitou-se do fato de encarar a equipe mais ‘frágil’ do Mundial. Até esta quinta, Porto Rico era a pior seleção em pontos feitos, apenas 125 em dois jogos disputados, uma média de só 20,83 em cada um dos seis sets que jogou.

E o ataque já fraco dos portorriquenhos foi ainda pior contra os EUA, com apenas 15 e 8 pontos, respectivamente, nas duas primeiras parciais. Com os 20 da parcial final, a média agora é de 18,6 por set – são três derrotas em três jogos, antes para França e Bélgica.

Ligados, os norte-americanos também “ajudaram” bastante Porto Rico a errar no ataque, já que conseguiram 11 pontos de bloqueio; de ataques, foram 33 pontos contra apenas 21 dos rivais; e outros 27 pontos vieram de erros dos portorriquenhos.

Grupo A – Em outro jogo no mesmo horário, este na Hala Stulecia, em Wroclaw, a Argentina também recuperou-se da derrota para a Sérvia na rodada passada ao bater Camarões por 3 sets a 0, com parciais de 25-17, 25-18 e 25-23.

Com o resultado, os sul-americanos chegaram a seis pontos na chave, enquanto os africanos seguem com zero e na lanterna. Os confrontos Sérvia (3 pontos) x Austrália (3 pontos) e Polônia (seis pontos) x Venezuela (3 pontos) acontecem ainda nesta quinta.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.