21/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Lawler vence Hendricks na revanche, toma cinturão e UFC pode ter trilogia; confira.

3 min read

De um horizonte tenebroso a duas lutas por cinturão, vencendo apenas a segunda, ele enfim é o campeão dos meio-médios do UFC.

Do Zigzagdoesporte.cm.br por UOL, em São Paulo.

UFC 181

1 / 11

Robbie Lawler acerta Hendricks com um chute na cabeça durante sua vitória no UFC 181 AP Photo/Las Vegas Review-Journal, Sam Morris

Robbie Lawler completou uma das maiores revoluções na carreira de um lutador. De um horizonte tenebroso a duas lutas por cinturão, vencendo apenas a segundo, ele enfim é o campeão dos meio-médios do UFC. O norte-americano triunfou por pontos na revanche contra Johny Hendrickes na madrugada deste domingo, no UFC 181, em Las Vegas, em um resultado que pode criar uma nova trilogia na organização.

Hendricks e Lawler lutaram pela primeira vez no UFC 171, em março. Foi uma guerra, e Hendricks triunfou no detalhe, conquistando o cinturão vago dos meio-médios. O campeão ficou parado desde então, por lesão. Lawler, venceu duas vezes e se recolocou como desafiante. E o desfecho foi diferente no segundo encontro entre eles. Mais uma vez apertado, o resultado foi dado pelos árbitros laterais: 48-47, 47-48 e 49-46.

Lawler, até 2012, era apenas um lutador muito irregular, com uma montanha russa de resultados. Chegou a ter 5 derrotas em oito combates entre 2009 e 2012, quando lutou pelo Strikeforce. Mas, sua ida ao UFC mudou tudo. São seis triunfos desde então, sendo a única derrota a para Hendricks no UFC 171.

O norte-americano, que teve uma passagem pelo UFC entre 2002 e 2004, foi considerado no “abismo” no fim de sua passagem pelo Strikeforce, com reveses para Ronaldo Jacaré, Tim Kennedy e Renato Babalu. Sempre que um rival de peso aparecia à sua frente, ele cedia. Mas ele provou seu talento com o título dos meio-médios. E elogiou seu rival.

“Johny é um ótimo competidor. Foi uma lutaça e qualquer um poderia ter o braço levantado. Quem sabe não lutemos novamente. Ser campeão significa muito para aqueles que estão comigo nessa jornada, dedico a eles o cinturão”, afirmou Lawler. “Fiz de tudo para ganhar a luta. É assim que se vence no UFC.”

O jogo forte na trocação de Lawler foi eficiente em boa parte do combate, mas sempre teve resposta à altura na luta agarrada, especialidade de Hendricks. Desde o começo de combate, foi esta a história dos cinco rounds da luta principal do UFC 181.

Um chute alto de Lawler no segundo round foi um dos golpes mais marcantes da luta. No mesmo giro, o então campeão conseguiu levar a luta para o chão e não finalizou com uma guilhotina porque o sinal sonoro interrompeu a disputa.

O terceiro round foi para Hendricks, àquela altura mais inteiro, e o mesmo aconteceu no quarto, com a luta já ficando morosa, devido ao cansaço de ambos. No quinto, Lawler sabia que tinha de reagir, e foi para cima, colocando alguma pressão e conseguindo chamar mais a atenção dos jurados. No fim, Hendricks aceitou o resultado, mas houve muita polêmica ao árbitro que deu quatro rounds a Lawler, com 49-46.

“Eu achei que fui bem nos três rounds iniciais e depois fui mal. Mas não tiro a vitória de Lawler, ele é um grande lutador. Os árbitros deram a vitória para ele, vou levasntar a cabeça e buscar o título de novo. Ele mereceu”, disse Hendricks.

Browne volta com nocaute

Travis Browne era uma das esperanças de renovação nos pesos pesados, mas perdeu para Fabrício Werdum e viu o brasileiro recentemente se sagrar campeão interino ao bater Mark Hunt. Mas, o duro golpe foi superado. Agora, ele retornou ao octógono com uma boa vitória. Com direito a nocaute.

O norte-americano encarou o compatriota Brendan Schaub e fez valer o favoritismo. No fim do primeiro round, conseguiu o nocaute. Browne já vinha melhor no combate, levou Schaub para a grade, acertou bons socos e, com a luta indo para o chão, encerrou o castigo no ground and pound. Foi sua 17ª vitória em 20 combates (tem duas derrotas e um empate).

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.