18/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

NOTICIÁRIO DO SURF ETAPA DO RIO DE JANEIRO- SAQUAREMA. VEJA!

3 min read

Por Carlos Fiúza de Salvador para o Zigzagdoesporte.com.br

Astro do surfe brasileiro, Filipe Toledo deixou o mar carregado pelos seguranças do Rio Pro, etapa brasileira do Circuito Mundial Masculino de Surfe, que acontece em Saquarema, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (3). O brasileiro sentiu uma lesão nos segundos finais da bateria pelas oitavas de final da competição.

Imagens do local mostram o surfista com grandes dificuldades para conseguir deixar o mar, precisando ser amparado pelos profissionais. O brasileiro, aparentemente, sequer tinha condições de apoiar a perna direita no chão.

Durante a bateria, Filipe estava na disputa contra o compatriota Jadson André, que perdia o duelo. Naquele momento, Toledo tinha nota somada de 10.40 contra 9.57 do adversário, que reagiu e virou o marcador após duas boas ondas.

Toledo ainda tentou uma vitória nos minutos finais, mas caiu e não pôde se recuperar das dores, deixando a vitória para Jadson. Iniciada no dia 23 de junho, a competição sofreu com alguns adiamentos por falta de ondas e terminará neste sábado (1° de julho).

 

Com direto a 10, Yago Dora dá show em Saquarema e conquista etapa do Rio do Mundial de Surfe

Yago Dora é campeão do Rio Pro, etapa brasileira do Circuito Mundial Masculino de Surfe, que aconteceu em Saquarema, no Rio de Janeiro. Na grande decisão, o brasileiro derrotou o australiano Ethan Ewing em sua primeira final da carreira e conquistou o título.

Como foi a decisão?

Quem pegou a primeira onda foi Ethan. De cara, o surfista conectou três manobras para a esquerda, lhe rendendo 4,83 pontos. Em seguida, foi a vez do brasileiro. Yago conquistou 4,10 na primeira onda e, em seguida, mesmo sem a prioridade, conseguiu um 2,33.

Com a torcida ao seu favor e ao som de “Olê, olê, olá, Dora, Dora!“, Yago conseguiu uma nota 4,83 e passou a liderar a bateria, ultrapassando o rival, que precisava de 4,10 para virar.

A cinco minutos para o fim da bateria, Yago conseguiu um aéreo sensacional, recebeu nota 10 e chegou a 14,83, manteve a liderança. O australiano somava 8,50 e precisava de 8,84 para virar.

No fim, festa no mar e nas areias de Saquarema. Sem Ethan conseguir a nota necessária para reverter o placar, Yago Dora se sagrou campeão da etapa brasileira do Circuito Mundial Masculino de Surfe.

Veja abaixo o caminho de Yago Dora até a decisão:

  • 1ª rodada – venceu Gabriel Medina (BRA) e Ian Gentil (HAV)
  • Oitavas – venceu Liam O’Brien (AUS)
  • Quartas – venceu Jadson André (BRA)
  • Semifinais – Venceu John John Florence (HAV)

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.