25/06/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Por fim de jejum, Arsenal encara Hull City na final da Copa da Inglaterra

3 min read

Do Zigzagdoesporte com agência EFE

ge

Arsene Wenger durante treino pelo Arsenal nesta sexta-feira
Arsene Wenger tenta um novo tíulo depois de nove anos de jejum

O Arsenal tentará neste sábado encerrar jejum de quase nove anos sem títulos na decisão da Copa da Inglaterra, que disputará contra o Hull City, no mítico Estádio de Wembley, em Londres.

A ESPN BRASIL TRANSMITE A FINAL DA COPA DA INGLATERRA, AO VIVO, A PARTIR DAS 12H30 (HORÁRIO DE BRASÍLIA).

Desde 2005, quando os ‘Gunners’ venceram o Manchester United na disputa de pênaltis da final da mesma competição, o time não consegue colocar uma taça nas vitrines de seu museu. Por outro lado, os ‘Tigers’ lutam pela conquista do primeiro troféu relevante de sua história.

O técnico Arsène Wenger, que comanda o Arsenal desde 1996, apesar da escassez de títulos, manteve a confiança dos diretores e dos torcedores, embora as críticas tenham aumentado nos últimos dois anos.

Na atual temporada, a equipe chegou a liderar o Campeonato Inglês por 18 rodadas, e foi quem mais ficou na ponta. Na metade final da competição, houve queda de rendimento que fez o time ser quarto lugar, que valeu vaga na fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa.

Getty

Ozil deixou o jogo contra o Bayern lesionado e deve ser baixa do Arsenal nas próximas semanas
Ozil é uma das principais esperanças do Arsenal para a final

A excessiva pressão sobre um time jovem, que sofreu com lesões de alguns jogadores, fez o Arsenal diminuir suas expectativas e encarar a final deste sábado como prêmio de consolação em uma temporada que a torcida imaginava vencer tudo.

“A seca de títulos talvez torne tudo um pouco mais difícil, mas quando entramos em campo, pensamos apenas no futebol. Não jogamos com a história, jogamos com nossas qualidades e com a vontade de fazer o melhor. Só precisamos entrar em campo e ir bem”, afirmou Wenger.

O técnico francês perdeu três finais neste período de seca do Arsenal: a da Liga dos Campeões de 2006 e as da Copa da Liga Inglesa de 2007 e 2011.

Para esta final, o zagueiro Thomas Vermaelen e o meia Alex Oxlade-Chamberlain são dúvidas. O primeiro sofreu lesão no joelho, e o segundo se recupera de problema muscular. Em compensação, o time terá os meias Aaron Ramsey, Jack Wilshere e Abou Diaby, além do lateral esquerdo Kieran Gibbs, liberados pelo departamento médico.

O Hull City, por sua vez, busca o primeiro título importante de seus 110 anos de história. O time, que disputou a segunda divisão na temporada passada e na atual ficou na 16ª posição, nunca havia chegado à final da FA Cup.

Para o técnico da equipe, Steve Bruce, ex-zagueiro do Manchester United, o rival é franco favorito ao título. Ainda assim, o inglês acredita que a grandeza do adversário é uma motivação a mais para o clube neste sábado.

“O Arsenal é o grande favorito, mas para um time como o nosso, passar acima de um clube poderoso como esse é uma motivação extra. Trataremos de fazer isso na final”, disse Bruce.

O treinador não contará com sua dupla de ataque, formada pelo irlandês Shane Long e o croata Nikica Jelavic, que foram contratados em janeiro e não estão inscritos na competição. Já os zagueiros Paul McShane e James Chester, e os atacantes Sone Aluko e Robbie Brady são dúvidas por causa de lesões.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.