21/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Congo frustra Guiné Equatorial e ditador na abertura da Copa Africana; confira ótima galeria de fotos.

2 min read

Como esperado, o ditador e presidente da Guiné Equatorial desde agosto de 1979, Teodoro Obiang, aproveitou a abertura da Copa Africana de Nações neste sábado para ganhar os holofotes e ganhar espaço na mídia mundial, dada a cobertura internacional do evento.

Do Zigzagdoesporte.com.br por ESPN.com.br.

Getty Images

Copa Africana Guiné Equatorial Pres Teodoro Obiang (c) Pres CAF Issa Hayatou (d) Pres Congo Denis Sassou Nguesso 17/01/15
Obiang (c) discursou ao lado de Hayatou (d) e Nguesso (e), mas viu seu país empatar

Como esperado, o ditador e presidente da Guiné Equatorial desde agosto de 1979, Teodoro Obiang, aproveitou a abertura da Copa Africana de Nações neste sábado para ganhar os holofotes e ganhar espaço na mídia mundial, dada a cobertura internacional do evento. Mas com a bola rolando, o Congo tratou de frear a alegria do comandante autoritário e buscou, já nos minutos finais, o gol que empatou o duelo em 1 a 1 contra os donos da casa, pelo grupo A.

Do campo do Estádio de Bata, em Bata, ao lado de Issa Hayatou, presidente da Confederação Africana de Futebol (CAN, na sigla em inglês), e Denis Sassou-Nguesso, presidente congolês, ele, de 73 anos e que depôs o tio para assumir o poder, falou para todo o estádio, com ótimo número de torcedores nas arquibancadas. Mas saiu triste, ao menos com o resultado.

Getty Images

Copa Africana Guiné Equatorial Emilio Nsue Congo 17/01/15
Nsue abriu o placar para Guiné Equatorial…

O confronto marcou o primeiro jogo da edição 2015 da disputa continental, que passou do Marrocos, onde aconteceria, para a Guiné Equatorial após o primeiro desistir de sediá-la por conta do surto do vírus ebola em parte do continente.

Aos 16 minutos da etapa inicial, o atacante espanhol naturalizado guineense Emilio Nsue, do Middlesbrough, da Inglaterra, um dos 243 atletas de clubes europeus na disputa, abriu o placar para os anfitriões. Das tribunas, Obiang sorriu e celebrou.

Mas a partir daí, principalmente no segundo tempo, o Congo dominou o duelo. E quando parecia que toda a pressão seria em vão, veio o gol de empate. O atacante Bifouma, que pertence ao Espanyol, da Espanha, mas está emprestado ao Almería, também espanhol, estufou as redes aos 42 minutos.

Getty Images

Copa Africana Guiné Equatorial Zarandona Congo Bifouma  17/01/15
… mas Bifouma (e) empatou no fim do jogo  

Silêncio dos torcedores guineenses nas arquibancadas em Bata. Silêncio e expressão séria de Obiang, nas tribunas.

O encerramento só não foi pior para ditador e fãs da seleção da casa porque no último minuto, aos 44, o ataque congolês perdeu um gol feito.

Agora, as duas seleções somam um ponto no grupo A, que ainda tem Burkina Faso e Gabão – os gaboneses venceram o jogo por 2 a 0 e lideram a chave.

 

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.