27/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Veja as definições da série B após última rodada; confira quem subiu e quem desceu

7 min read

O Palmeiras foi campeão brasileiro da série B de 2013.

Do ZigZag do Esporte/Série B.

Icasa perde para o Paraná e vê o fim do sonho do acesso.

Gazeta Press

Icasa perdeu fora de casa e não subiu para a Série A
Icasa perdeu fora de casa e não subiu para a Série A

Em jogo que poderia decidir o acesso do Icasa, o Paraná, com um time misto, não deu chances aos cearenses e venceu por 2 a 0, neste sábado, no Estádio Durival de Britto. Mesmo com deslizes dos rivais Figueirense e Ceará, a derrota tirou todas as chances da equipe de Juazeiro do Norte conseguir subir para a Série A do Campeonato Brasileiro, terminando a segunda divisão na quinta posição, com 59 pontos. Os paranaenses terminaram em oitavo, com 57 unidades.

Jogo

O primeiro lance de perigo da partida veio dos donos da casa, logo aos cinco minutos do primeiro tempo. Henrique lançou a bola na área, e Alex Alves desviou mandando rente à trave.

Aos 17, Moacir, do Paraná, recebeu bom passe na área e tentou mandar por cima do goleiro João Ricardo, mas a bola foi muito forte. Ótima oportunidade desperdiçada pelos curitibanos.

O Icasa pouco criou na primeira etapa. Um dos melhores lances dos cearenses foi aos 43, na jogada de Leyrielton, que ajeitou a bola para o atacante Chapinha bater, mas ele pegou muito mal na esférica, mandando longe da baliza defendida por Marcos.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, o Icasa teve uma boa chance. Após cobrança de falta, Leandro recebeu na área e chutou com potência, mas errou o alvo.

A cobrança de Lúcio Flávio quase surpreendeu o Icasa, aos nove minutos do segundo tempo. O meia cobrou e a bola desviou na barreira, enganando o goleiro João Ricardo, e raspando pela trave.

Aos 16 do segundo tempo, Lúcio Flávio deu lugar a Júlio César. No minuto seguinte, o jogador que tinha acabado de entrar recebeu bom passe cruzado da esquerda, do atacante Carlinhos, e apenas conferiu para o fundo da rede, abrindo o placar na Vila Capanema.

O segundo gol do Paraná saiu aos 36 minutos da segunda etapa, dos pés do meia Rubinho. Ele invadiu a área e tocou na saída do goleiro João Ricardo, ampliando a vantagem paranista.

FICHA TÉCNICA:
PARANÁ 2 X 0 ICASA

Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 30 de novembro de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa-RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Cartões Amarelos: Roniery, Edson Sitta, Alex Alves, Marcos (Paraná), Guto (Icasa)
Gols: PARANÁ: Júlio César, aos 17 minutos do segundo tempo, e Rubinho, aos 36 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Marcos; Roniery, João Antônio, Alex Alves e Henrique; Edson Sitta (Rodrigo), Moacir, Luisinho (Rubinho) e Lucio Flávio (Júlio César); Carlinhos e Paulinho Oliveira
Técnico: Dado Cavalcanti

ICASA: João Ricardo; Gustavo Goiano (Elanardo), Naylhor, Luis Gustavo e Neílson (Leyrielton); Luiz Otávio, Guto (Geraldo), Gilmak, Chapinha; Leandro e Juninho Potiguar
Técnico: Sidney Moraes

 

Ceará perde para o Joinville em casa e permanece na Série B.

Ao entrar no gramado da Arena Castelão neste sábado, o Ceará sabia que não dependia das próprias forças para conquistar o acesso à elite do futebol nacional. O Figueirense, rival direto, apenas empatou em 1 a 1 com o Bragantino e abriu caminho. Mas o time alvinegro acabou derrotado por 3 a 0 para o Joinville na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e deu adeus às chances de subir.

A necessidade pela vitória fez com que os cearenses se atirassem ao ataque desde o apito inicial do árbitro Péricles Bassols e logo aos três minutos o goleiro Oliveira teve de trabalhar para salvar cabeçada de Magno Alves. A resposta do Joinville saiu aos 17 em chute de primeira de Francis para bela defesa de Jaílson.

No lance seguinte, os donos da casa partiram em contragolpe veloz e a bola chegou limpa para Lulinha finalizar. O ex-corintiano ajeitou de perna direita e soltou a canhota da entrada da área para Oliveira se esticar no canto e espalmar para escanteio. Mantendo o equilíbrio em campo, Diogo Oliveira tratou de ameaçar Jaílson aos 25 minutos.

Na volta do intervalo, a partida caiu de ritmo, mas o Ceará seguia acreditando em um milagre e partiu para cima. O lateral esquerdo Vicente recebeu na ponta e cruzou na medida para Lulinha se enrolar com a bola e desperdiçar grande chance. Três minutos depois, o lateral direito Marcos pegou rebote após cobrança de escanteio e mandou com perigo para os catarinenses.

Quando a pressão alvinegra aumentava, no entanto, foi o Joinville que abriu o placar em Fortaleza. Marcelo Costa cobrou falta, a bola passou no meio da barreira e deixou Jaílson vendido aos 18 minutos. Para piorar a situação do Ceará, Potiguar derrubou Francis na área, cometeu pênalti e foi expulso. Marcelo Costa foi novamente para a cobrança e ampliou aos 25.

O segundo gol acabou com qualquer possibilidade de reação do Ceará na partida. Seria necessário virar o jogo na Arena Castelão para conquistar o acesso, mas a pontaria não estava calibrada e Thiago Humberto perdeu chance incrível cara a cara com Oliveira. O goleiro também trabalhou em chute forte de Magno Alves para segurar o resultado.

A derrota em casa, com a torcida deixando o estádio antes do final da partida, ficou ainda mais dolorida com o gol de Francis aos 41 minutos após passe de Edgar Junio. Com o resultado surpreendente, o Ceará ainda terminou a Série B atrás do próprio Joinville, na sétima colocação, com 59 pontos. O JEC ficou com a mesma pontuação, mas em sexto por ter mais vitórias – 17 a 16. A última vaga na Série A ficou nas mãos do Figueirense.

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ 0 X 3 JOINVILLE

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 30 de novembro de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez – Fifa (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Ricardinho e Rogerinho (Ceará); Sandro, Naldo e Oliveira (Joinville)
Cartão vermelho: Potiguar (Ceará)
Gols:
JOINVILLE: Marcelo Costa, aos 18 e aos 25, e Francis, aos 42 minutos do segundo tempo

CEARÁ: Jailson; Marcos, Gustavo, Potiguar e Vicente; João Marcos, Ricardinho (Diego Ivo), Rogerinho (Léo Gamalho) e Lulinha; Mota e Magno Alves
Técnico: Sérgio Soares

JOINVILLE: Oliveira; Eduardo, Rafael, Sandro e Rafinha; Naldo (Hernani), Marcelo Costa e Diogo Oliveira (Wellington Bruno); Francis e Fernando Viana (Edgar Junio)
Técnico: Sérgio Ramírez

 

Bragantino faz sua parte, mas Ceará e Icasa tropeçam, e Figueirense estará na Série A em 2014.

Gazeta Press

Everton Santos comemora e aponta para cima: o Figueirense está de volta à Série A do Brasileiro
Everton Santos comemora e aponta para cima: o Figueirense está de volta à Série A do Brasileiro

Pressão, polêmica e um jogo “duvidoso”. O Figueirense entrou em campo dependendo só de si para subir à Série A contra o Bragantino em um duelo visto como suspeito. E quase falhou: empatou com o time do interior paulista em 1 a 1 fora de casa, mas fechou a Série B no grupo dos quatro classificados para a primeira divisão de 2014.

Um resultado que Ceará e Icasa sequer podem contestar. As equipes cearenses – que dependiam de um tropeço dos catarinenses neste sábado – falharam em suas respectivas partidas e saíram derrotadas.

O chamado Verdão do Cariri, que subiu da Série C para a B em 2012, perdeu para o Paraná Clube, fora de casa, por 2 a 0. Já o Ceará, mesmo em casa, perdeu o jogo para o “desinteressado” Joinville por 3 a 0.

Com os placares, a classificação dos times que subiram ficou desta forma: Palmeiras (1º), Chapecoense (2º), Sport (3º) e Figueirense (4º, 60 pontos). O Icasa terminou a segunda divisão na quinta colocação com 59 pontos, mesmo número do Joinville. Já o Ceará encerrou a competição em 7º, com 59 pontos.

Everton Santos faz golaço, mas Bragantino quase estraga acesso

O jogo entre Bragantino e Figueirense estava cercado de suspeitas. A polêmica surgiu após o time paulista dispensar alguns jogadores antes do confronto. Icasa e Ceará estavam diretamente interessados no resultado, pois poderiam subir caso os catarinenses tropeçassem.

A esperança dos rivais cearenses diminuiu após Everton Santos abrir o placar para o time de Florianópolis. Aos 29 minutos da primeira etapa, o meia, da entrada da área, pegou uma sobra de primeira para marcar um golaço e fazer 1 a 0.

O time catarinense tomou um susto na segunda etapa. Aos 29 minutos, Guilherme empatou a partida e causou momentos de apreensão. Que não se justificaram: no Paraná, o time da casa venceu o Icasa por 2 a 0, com gols de Júlio César e Rubinho. No Ceará, a equipe local decepcionou e perdeu para o Joinville por 3 a 0, gols de Marcelo Costa (duas vezes) e Francis.

Festa em Santa Catarina, que poderá ter até três representantes na Série A em 2014.

FICHA TÉCNICA:
BRAGANTINO 1 X 1 FIGUEIRENSE

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 30 de novembro de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Marcio Eustáquio S. Santiago (MG) Rodrigo Pereira Joia (RJ)
Cartões amarelos: Pacheco (Bragantino)
Gols:
BRAGANTINO: Guilherme Mattis, aos 29 minutos do 2º tempo
FIGUEIRENSE: Everton Santos, aos 29 minutos do 1º tempo

BRAGANTINO: Rafael Defendi; Guilherme Mattis, Yago e Graxa (Rafael Costa); Pacheco, Geandro, Gustavo e Bruninho; Tiaguinho (Dudu), Nilson (Tiago Cavalcanti) e Léo Aro
Técnico: Marcelo Veiga

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; André Rocha, Thiego, Nirley e Wellington Saci (Luan); Paulo Roberto, Rodrigo Souto e Maylson; Everton Santos (Ricardinho), Pablo (Rivaldo) e Rafael Costa
Técnico: Vinícius Eutrópio

 

Confira a classificação final da série B:

Classificação
P
J
1 Palmeiras
79
38
2 Chapecoense
72
38
3 Sport
63
38
4 Figueirense
60
38
5 Icasa
59
38
6 Joinville
59
38
7 Ceará
59
38
8 Paraná
57
38
9 América-MG
57
38
10 Avaí
56
38
11 Boa E.C.
50
38
12 Bragantino
47
38
13 América-RN
47
38
14 ABC
46
38
15 Oeste
46
38
16 Atlético-GO
44
38
17 Guaratinguetá
41
38
18 Paysandu
40
38
19 São Caetano
36
38
20 ASA
35
38

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.