21/02/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Após título, agente de Pacquiao sugere boicote por luta com Mayweather

3 min read

Por ESPN.com.br com agência Gazeta Press.

O astro filipino Manny Pacquiao enfim recuperou o cinturão dos pesos-médios da Organização Mundial de Boxe, no último sábado, em Las Vegas. Diante do norte-americano Timothy Bradley, seu algoz em combate realizado em junho de 2012, o Pacman conseguiu a vingança e, por decisão unanime dos jurados, superou o rival na MGM Grand Garden Arena. Agora, então, o que todos os fãs de lutas querem é o confronto de Pacquiao com Floyd Mayweather Jr., outro astro do boxe mundial, e dono dos cinturões dos meios-médios e médios-ligeiros.

Este combate é aguardado e cogitado há muito tempo, mas nunca pareceu estar tão perto de acontecer. Pacquiao, que acumulou derrotas para Bradley e Juan Manuel Marquéz em 2012, vem de duas vitórias consecutivas – sobre Brandon Rios e o próprio Timothy Bradley – e recuperou, além da confiança, o seu título entre os médios.

Por sua vez, Mayweather Jr. vive momento excelente em sua carreira e segue invicto, com 45 triunfos em 45 lutas disputadas. O norte-americano, porém, já tem combate marcado para o dia 3 de maio – contra o argentino Marcos Maidana – e não parece disposto a enfrentar o filipino. Algo, que, de acordo com o agente de Pacquiao, Bob Arum, pode ser resolvido de uma maneira simples.

“A única pessoa que pode fazer Floyd Mayweather lutar contra o Manny (Pacquiao) é o público. Basta ele boicotar a luta do dia 3 de maio”, sugeriu Arum, logo após o combate deste sábado, quando perguntado pela imprensa internacional sobre as possibilidades de haver o aguardado encontro do Pacman com Floyd Mayweather Jr.

“É isso o que o público deve fazer. Se a mídia quer a luta, fale ao público para não comprar o pay-per-view e nem os ingressos da luta contra Maidana. Não há outra estratégia”, afirmou, antes de acrescentar: “Nós estamos preparados para sentar com os empresários de Mayweather e ver as condições de proporcionar esta luta.”

Dois dos principais nomes do boxe na atualidade, Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao são, além de grandes campeões, donos de algumas das maiores bolsas da história do esporte. O norte-americano, por exemplo, tem o apelido de “Money” (dinheiro, em português), por ser o atleta mais bem pago do esporte mundial.

Por sua vez, o filipino fatura em média R$ 20 milhões por luta realizada – neste sábado, por exemplo, ganhou R$ 44 milhões somente com a vitória sobre Bradley. Caso os dois se enfrentem, porém, a bolsa deve girar em torno dos R$ 110 milhões, um recorde da história do boxe. Juntos, ambos somam inúmeras premiações, além do status de maiores pugilistas das últimas décadas.

REUTERS/Steve Marcus

Manny Pacquiao (à dir.) venceu Timothy Bradley na madrugada de sábado para domingo
Manny Pacquiao (à dir.) venceu Timothy Bradley na madrugada de sábado para domingo

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.