21/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

DOMÍNIO REYNOLDS

3 min read
BY MAURICIO CASSULINOPublished 

Garret Reynolds leva para casa mais uma medalha de ouro no BMX Street, em Austin. Com essa vitória Reynolds coleciona sete medalhas de ouro no Street dos X Games.As eliminatórias do BMX Street contou com doze dos melhores rueiros da atualidade, disputando seis vagas na grande final. Cada piloto tinha duas voltas de cinqüenta segundos cada onde prevalecia a pontuação da melhor volta.

[+] Enlarge PhotoTrevor Brown, Jr./ESPNGarrett Reynolds venceu pela sétima vez o X de Ouro dos X Games. [Tail Whip]

A semi final estava literalmente quente, o calor de Austin e a umidade afetou a performance de alguns pilotos, principalmente dos favoritos.

Garret teve dificuldades durante toda a prova, o forte calor dificultou bastante seu desempenho durante as eliminatórias. Na final Reynolds deslanchou em suas três voltas e aos poucos foi progredindo até topo do pódio. O campeão quando está focado e determinado consegue fazer o que quiser em cima da bike.

A batalha entre Dakota Roach e Garret Reynolds foi um dos destaques da prova. Dakota foi um dos pilotos mais agressivos na competição. Encontrou os melhores Gaps do circuito e acertou todas as manobras que tentou. O californiano permaneceu em primeiro lugar até a terceira e última volta de Reynolds, que foi perfeita e começou com um 180 Fakie para Downside Whip, levantando as arquibancadas do Circuit of The Américas. Dakota ficou com o X de prata.

O X de bronze ficou com Dennis Enarson. Dono de um estilo único, Dennis é o piloto da vez. Suas habilidades são excepcionais em qualquer terreno. No BMX Street Dennis usa e abusa do circuito, algumas manobras que merecem destaque são seus Tailwhips 180, sua fluidez e estilo. Ennarson andou durante toda a prova com um sorriso estampado no rosto.

Vale destacar o contraste entre os rueiros experientes como Ty Morrow, com cinco aparições em X Games, e o novato Broc Raiford durante as fases eliminatórias. Ty mesmo com o tornozelo machucado administrou entrar em uma das seis vagas na final.

O novato Broc Raiford também superou a pressão e conseguiu pontos suficientes para estrear em sua primeira grande final em um X Games. Broc é conhecido pela facilidade em acertar movimentos técnicos e de alto grau de dificuldade, um deles foi Tooth Pick saindo de Hard 360 no corrimão da plataforma.

O favorito Chad Kerley, infelizmente, não conseguiu ir para a final. Em sua primeira volta teve dificuldades em fluir e não conseguiu completar suas manobras. Chad terminou a primeira bateria das eliminatórias em décimo lugar. Já na segunda volta Chad finalmente conseguiu acertar sua rotina mas não foi suficiente para aumentar sua pontuação. Chad terminou a competição em oitavo lugar.

“Foi muito difícil acertar minha volta com toda a pressão e o calor de Austin, sou originário de San Diego e não estou acostumado com essa umidade,” diz Chad.

O BMX Street a cada ano que passa é uma caixa de surpresas, Garret Reynolds e Chad Kerley ainda são os únicos medalhistas de ouro na história do BMX Street nos X Games. Nos resta aguardar o próximo ano para ver quem será o próximo ouro no Street.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.