20/07/2024

zigzagdoesporte.com.br

A sua revista eletrônica do esporte

Palmeiras convidou Corinthians e Santos, mas ignorou São Paulo em festa do centenário.

2 min read

Camila Mattoso e Diego Garcia, do ESPN.com.br.

AZETA PRESS

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, não foi convidado à festa do Palmeiras
Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, não foi convidado à festa do Palmeiras

O Palmeiras realizou um banquete em comemoração ao seu centenário na noite desta terça-feira, no Citibank Hall. Foram convidados diretores, conselheiros, políticos e até os presidentes dos rivais, Corinthians e Santos. Só o desafeto São Paulo, que entrou em rota de colisão com a atual diretoria alviverde, ficou de fora.

ESPN.com.br apurou que o time alviverde enviou convites às presidências dos dois arquirrivais, o do Parque São Jorge e o da Vila Belmiro, mas deixou de fora o time do Morumbi. A gestão de Carlos Miguel Aidar virou desafeto declarada de Paulo Nobre e da cúpula alviverde.

Nobre rompeu relações com a diretoria tricolor após Aidar atravessar a negociação alviverde com o atacante Alan Kardec e fechar com o atleta como novo reforço tricolor. Depois, ainda disse que o Palmeiras se apequena. O presidente do clube palestrino se revoltou e cortou o vínculo com o rival.

Na festa do centenário do Palmeiras realizada nesta terça, estiveram presentes conselheiros, convidados, sócios e gente influente, como o presidente José Maria Marin, da CBF, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, os políticos Jair Bolsonaro, Gilberto Kassab, Paulo Maluf, entre outros. O clube completou 100 anos neste 26 de agosto.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.